Inovador, Webinar OVALE debate economia criativa; Rafael Kiso convidado de estreia

Evento online semanal OVALE entrevistar nomes importantes de vrios segmentos com intuito de contribuir com o internauta a partir de novas vises de mercado

Maisa Dris | @maisa.doris

Em recente entrevista à revista TIME, o historiador, filósofo e autor dos best-sellers “Sapiens” e “Homo Deus – Uma breve história do Amanhã”, Yuval Noah Harari, trouxe à tona sua percepção da pandemia que a humanidade está enfrentando: “A melhor defesa que os seres humanos têm contra patógenos não é o isolamento – é a informação”.

Em face às novas rotinas e dinâmicas do dia a dia, profissionais de vária áreas já perceberam que ainda que todos os cuidados necessários precisam ser mantidos e o isolamento social siga, há uma aproximação que se torna determinante: a colaboração mútua. Em uma de suas falas recentes o historiador e professor Leandro Karnal salientou: “A cooperação por meio da informação filtrada, ajustada e adequada é fundamental àqueles que entendem que guerras, revoluções e epidemias fazem parte de todo o processo histórico da humanidade e, mesmo com baixas irreparáveis, por outro lado aceleram processos de mudanças evolutivas em várias áreas e setores da sociedade”.

É com essa motivação e “ativação” que se inicia a jornada de trazer ao leitor OVALE a informação direta e ao vivo da fonte, ou seja, o conhecimento daqueles que marcham na rota não de uma era de mudanças, mas de uma Nova Era.

São nomes de relevância nacional e internacional que falarão com exclusividade ao OVALE sobre os caminhos do mercado no Webinar Economia Criativa semanalmente às quintas-feiras 19h30 pelo Instagram @jornalovale. Uma iniciativa que prestigia o público que atingiu 23 milhões de visualizações em abril nas plataformas digitais OVALE, em recorde histórico.

As marcas convidadas para estarem com OVALE em mais esse canal de informação e interação com o internauta são certamente aquelas comprometidas em construir e sedimentar sua missão agregando valor e sentido na vida dos leitores em um novo momento que publicidade deixa de ser interruptiva para ser de fato contributiva, participante e apoiadora de mudanças sociais significativas e determinantes para os seus consumidores.

Propondo o pensamento alinhado com o coletivo sem perder a noção da autorresponsabilidade, as grandes questões que irão orientar o Webinar Economia Criativa são: o que o mercado precisa que eu posso fazer e entregar hoje? Como eu coopero para o processo de superação da crise, saindo dela ainda mais forte e fortalecendo a quem eu puder alcançar com as minhas ideias e atividades?

Macaque in the trees
Webinar economia criativa OVALE

TESTEMUNHAS DA HISTÓRIA.

Se por um lado o termo “nova economia”, criado no final da década de 1990 para descrever o resultado da transição de uma economia baseada na indústria para uma economia baseada nos serviços ganhou força nos EUA e confirmou a chegada das novas tecnologias de informação e comunicação, altas taxas de crescimento econômico, baixa inflação e alto nível de emprego, num contexto de globalização da economia, a expressão “economia criativa” chegou para costurar esse processo de forma ainda melhor. Através dela a criatividade junto com o capital intelectual passou a ser a matéria prima mais importante para a criação, produção e distribuição de bens e serviços criando uma cadeia produtiva baseada no conhecimento e capaz de produzir riqueza, gerar empregos e distribuir renda.

“A economia criativa abrange todo o ambiente de negócios que existe em torno da indústria criativa, aquela baseada em bens e serviços criativos”, afirma Ana Carla Fonseca Reis, economista especializada no tema.

Historicamente a primeira referência governamental a importância de áreas ligadas à tecnologia e à criatividade para o crescimento econômico de um país deu-se em um relatório de 1983, publicado pela primeira-ministra Margaret Thatcher. Em 1994, o primeiro-ministro Australiano Paul Keating lançou o primeiro conjunto de políticas públicas de um país com foco em cultura e arte. O documento chamado Creative Nation citava o termo economia criativa. Logo depois, o primeiro-ministro britânico Tony Blair incluiu o assunto em sua plataforma de governo, durante sua campanha para o cargo de primeiro-ministro em 1996.

O WEBINAR ECONOMIA CRIATIVA OVALE.

Com estreia pela rede social do Instagram do veículo, o WEBINAR nasce com a missão de não só atualizar mas formar o internauta para os novos tempos, criando inclusive engajamento entre participantes, marcas e conteúdo. Um convite para empresários, empreendedores, profissionais e estudantes desocuparem o lugar na plateia e assumir o protagonismo, se não da história, da sua história por meio do conhecimento das maiores habilidades necessárias às pequenas iniciativas, aquelas capazes de transformar boas ideias em grandes negócios. Entrevistados de altíssima relevância irão compartilhar ideias disruptivas e caminhos viáveis para a retomada do nosso crescimento individual e coletivo.

Nesta quinta, dia 14 às 19h30 a estreia é em grande estilo com Rafael Kiso, publicitário com MBA em Marketing pela HSM, especialista em Marketing Digital e em Gestão da Inovação pela ESPM. Kiso é Chief Digital Officer da Focusnetworks e fundador da mLabs, plataforma líder de gestão de mídias sociais no Brasil. Responsável por soluções que potencializam negócios e a comunicação através do universo digital para médias e grandes empresas nacionais e internacionais. Atualmente é constantemente fonte para matérias em veículos como Exame, O Globo, Estadão, Globonews, JovemPan, Meio & Mensagem, Uol, Valor Econômico, entre outros. Em 2017 foi eleito o melhor Profissional de Planejamento Digital pela ABRADi-SP e com certeza o nome certo para abrir a temporada que promete informação e conhecimento com o engajamento do público não só local mas de todo país!

Maisa Dóris é jornalista especialista em marketing multimercados e autora do método MAXItexto. Semanalmente ancora e apresenta o Webinar Economia Criativa OVALE pelo Instagram @jornalovale.

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 23 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.