São José chega a 50 casos confirmados e concentra 82% do total da região

Último boletim epidemiológico da prefeitura, divulgado nessa quinta-feira, trouxe 14 casos novos em São José dos Campos, que investiga outros 501; somadas, as outras cidades da região confirmaram 11 casos até agora

Caíque [email protected] | @caiquetoledo

São José dos Campos concentra mais de 80% dos casos já confirmados de coronavírus na RMVale. O governo Felicio Ramuth (PSDB) confirmou nesta quinta-feira que o município já registrou 50 casos positivos da nova doença, 82% do total de 61 da região. Outras sete cidades somadas possuem 11 casos.

Somente de quarta para quinta, a cidade passou de 36 para 50 casos -- o que representa um aumento de 38,8%. Atualmente, segundo a prefeitura, são 37 pessoas em isolamento domiciliar, cinco internados na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e sete na enfermaria. O outro caso é de um paciente que morreu, já informado anteriormente. Além disso, a cidade subiu para oito o número de mortos suspeitos e chegou a mais de 500 casos que ainda aguardam análise.

Além de São José, outras sete cidades do Vale do Paraíba já confirmaram casos do novo coronavírus: três em Jacareí, dois em Taubaté e São Sebastião, e um caso em Caçapava, Cachoeira Paulista, Lorena e também Pindamonhangaba.

CASOS.

São José também anunciou nesta quinta que investiga mais duas mortes suspeitas da doença, chegando ao número de oito -- o maior da região. Os novos casos são de um homem de 60 anos, que tinha doença cardiovascular e pulmonar crônica, e uma idosa de 77 anos, diabética e com doença cardiovascular crônica.

São 36 em todo o Vale do Paraíba. Depois de São José, a cidade com o maior número de mortes suspeitas é Guaratinguetá, com seis, seguida por São Sebastião, com cinco. Seguem a lista Taubaté, Caraguatatuba e Pindamonhangaba (três cada), Jacareí e Ubatuba (duas cada) e Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Cunha e Caçapava (uma morte suspeita cada).

Até agora, foram três mortes confirmadas pela nova doença na região: uma em São José, uma em Taubaté e uma em São Sebastião. São mais de 1.200 casos em análise em todo o Vale, sendo que apenas sete das 39 cidades ainda não tiveram casos suspeitos.

Mais de 500: em uma semana, casos suspeitos subiram 317,5% em São José

A cidade de São José também disparou no número de casos suspeitos da nova doença. O último boletim da Vigilância Epidemiológica traz 501 casos em análise.

Uma semana atrás, no dia 26 de março, eram 120 casos em investigação -- crescimento de 317,5% em apenas sete dias.

Ao todo, são 1.233 casos em análise no Vale, de acordo com boletins das próprias prefeituras até a noite desta quinta-feira. A segunda cidade com mais casos suspeitos na região é Taubaté, com 169 -- 43 já foram descartados. Das 39 cidades da RMVale, 32 já constam com pelo menos um caso suspeito. Ubatuba (64), Caraguatatuba (63), Caçapava (59), Jacareí e Lorena (ambas com 54 cada) são outros municípios com ao menos 50 casos em análise.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 8,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.