Santuário Nacional usa TV e internet para atender fiéis

Com missas suspensas, Basílica Nacional transmite celebrações pela TV e pela rede; Diocese de São José decide cancelar missas

Xandu Alves @xandualves10 | @xandualves10

O Santuário Nacional de Aparecida tem usado a transmissão pela TV e pela internet para não deixar fiéis e romeiros sem missas nesse período de combate ao coronavírus.

As celebrações presenciais foram suspensas na Basílica por determinação judicial. O altar central do Santuário Nacional comporta cerca de 45 mil pessoas.

O prazo inicial da medida é de 30 dias, mas pode ser prorrogado. A Basílica permanece aberta para visitação e sem restrição de circulação. Estão suspensas as celebrações litúrgicas, como missas, batismos e confissões.

Sem público, o templo realiza missas diariamente na Capela Reservada, apenas para transmissão da TV Aparecida, sem a presença de devotos.

Trata-se de um espaço privado dentro do Santuário Nacional que foi utilizado pelo papa Francisco durante a visita dele à Basílica, em 2013.

A Canção Nova informou que o Santuário do Pai das Misericórdias, em Cachoeira Paulista, realizará o evento "24 horas para o Senhor", em 20 e 21 de março, sem a presença de fiéis. Será transmitido pela TV e internet.

Em São José, o bispo dom José Valmor Cesar Teixeira suspendeu todas as celebrações, como missas, procissões e adoração, incluindo as cerimônias da Semana Santa. As igrejas ficarão abertas em alguns horários.

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.