Segunda etapa de obras em calçadas vai custar R$ 6,1 milhões em Taubaté

Licitação será aberta em breve pela prefeitura, e primeira etapa foi concluída com atraso de 13 meses

Julio [email protected] | @jornalovale

O governo Ortiz Junior (PSDB) pretende abrir em breve a licitação para definir a empresa que ficará responsável pela segunda etapa das obras de requalificação e acessibilidade em vias do centro de Taubaté. O custo previsto é de R$ 6,147 milhões. Os serviços serão feitos nas ruas Bispo Rodovalho, Cel. Gomes Nogueira, Dr. Afonso Moreira, Dr. Rebouças de Carvalho, Duque de Caxias, Marquês de Herval, Dr. Pedro Costa, Monsenhor Siqueira, Newton Câmara Leal Barros, Sacramento, Visconde do Rio Branco, trecho final da Barão da Pedra Negra/Cel. Marcondes de Mattos, Dr. Souza Alves, trecho final da Quinze de Novembro, São José e Dr. Silva Barros.

As obras da primeira etapa foram iniciadas em junho de 2017 e deveriam ter ficado prontas em dezembro de 2018. Após duas prorrogações, o serviço foi concluído no mês passado.

Além do atraso de 13 meses, o serviço ainda ficou 24,89% mais caro: orçado em R$ 5,188 milhões, foi concluído por R$ 6,48 milhões. Nessa primeira etapa foram contempladas das ruas Jacques Félix/trecho da Mariano Moreira, Dona Chiquinha de Mattos, Conselheiro Moreira e Barros/Carneiro de Souza, Anízio Ortiz Monteiro, Francisco de Barros, trecho da XV de Novembro, Calçadão da Cel. Jordão, Quatro de Março, Jorge Winther, travessa Vera Cruz e trecho da Barão da Pedra Negra.

As vias receberam reconstrução de calçadas, com novas guias e sarjetas, piso tátil e rebaixamento de guias para acessibilidade, além de recapeamento do pavimento, sinalização viária e dispositivos sonoros para travessia de pedestres nos cruzamentos..

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.