Projeto quer restringir comercialização de cigarro em padarias e mercados de São José

Proposta prevê multa de R$ 5 mil e até suspensão do alvará do estabelecimento que descumprir a regra; Jurídico da Câmara emitiu parecer contrário

Da redação @jornalovale | @jornalovale

Tramita na Câmara de São José dos Campos um projeto que visa proibir a venda de cigarros em padarias e supermercados do município.

A proposta, de autoria do vereador Dr. Elton (MDB), prevê punições como advertência, multa de R$ 5 mil e até suspensão do alvará do estabelecimento que descumprir a regra.

Segundo o parlamentar, a medida visa "diminuir a exposição desses itens em lugares de grande circulação, colaborando, assim, para a redução do consumo de cigarro e produtos tabagistas".

O vereador argumentou ainda que "a exibição desses produtos em padarias, supermercados e hipermercados, influencia, de forma substancial, a iniciação ao hábito de fumar, sobretudo em jovens e adolescentes".

O Jurídico da Câmara emitiu parecer contrário ao projeto, com a justificativa de que cabe apenas à União legislar sobre o tema e de que já existe lei federal que disciplina a venda de cigarros.

Apesar do parecer contrário do Jurídico, o texto recebeu manifestações favoráveis das comissões permanentes de Justiça e de Saúde - apenas a de Finanças opinou contra. Com isso, a proposta aguarda a inclusão na ordem do dia, para ser votada pelos vereadores em sessão ordinária..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 7,5 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.