Logo Jornal OVALE

Polícia investiga feminicídio contra adolescente encontrada morta

Jovem de apenas 17 anos estava desaparecida desde sábado, quando saiu de casa para ir a um 'Fluxo do Funk'; corpo tinha marcas de agressão e polícia suspeita de feminicídio

Julia [email protected] | @carvalho8123

A Polícia Militar encontrou nesta segunda-feira o corpo de Jamile Fernandes da Silva, jovem de 17 anos que estava desaparecida desde o último sábado, quando saiu de casa para ir a um 'Fluxo do Funk' na comunidade Santa Cruz, na região central de São José dos Campos.

O corpo foi encontrado durante a manhã desta segunda na estrada do Sertãozinho, no bairro Buquirinha, e a principal suspeita da polícia é que a jovem tenha sido vítima de feminicídio.

De acordo com a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), os peritos informaram que o corpo tinha sinais de violência na cabeça, perna esquerda e mãos. A Polícia Civil está investigando o caso, e, por enquanto, ainda não há informação sobre suspeitos.

O corpo da jovem foi encaminhado no fim da tarde desta segunda-feira para o IML (Instituto Médico Legal) da cidade. Inicialmente, os familiares fizeram o reconhecimento Jamile por fotos, por conta das tatuagens.

DESAPARECIMENTO.

A família da vítima registrou um Boletim de Ocorrência durante o fim de semana, após constatar o desaparecimento.

Familiares chegaram a fazer postagens em redes sociais pedindo ajuda para localizar a adolescente. Ela teria saído de casa por volta das 22h do sábado, com uma amiga.

De acordo com os parentes da vítima, uma mensagem anônima informou que a adolescente estaria com alguns amigos, quando um homem a levou em um carro preto.

As postagens de buscas alcançaram mais de 3.000 pessoas nas redes sociais..