Poupatempo e Detran SP juntos e digitais

Rodrigo Garcia Vice-Governador e Secretário de Governo |

O Poupatempo e o Detran.SP estão juntos e na tela do seu celular. Iniciada no ano passado, a digitalização dos serviços públicos enfrentou o desafio provocado pelo coronavírus e a suspensão de atendimento presencial nos últimos meses. Em 90 dias, o Estado implementou um ambicioso plano de expansão do atendimento remoto ao cidadão. Um caminho sem volta na prestação de serviços da administração pública.

O Governo de São Paulo está aumentando a cobertura de atendimento e expandindo serviços digitais celular por todo o estado. Além disso, unindo-se ao Detran.SP, o Poupatempo passará de 75 para 340 unidades presenciais.

Se o cidadão, hoje, é capaz de conhecer o mundo pelos sites de viagens, fazer transações financeiras das mais simples às complexas, estabelecer laços afetivos por uma tela interativa, por que não poderia resolver problemas cotidianos como a emissão da sua carteira de habilitação, a transferência do seu carro ou a checagem e pagamento das contas de serviços públicos? O jargão do "novo normal" inaugura também um ritmo mais rápido e uma nova dinâmica na relação entre Estado e a população.

Mais bem avaliado programa de atendimento ao cidadão, o Poupatempo vai incorporar todos os serviços prestados pelo Detran.SP. A integração permite o aprimoramento imediato dos indicadores de qualidade e eficiência. Será um balcão único de atendimento, oferecendo 242 serviços digitais. A reestruturação operacional possibilitará ao Estado alcançar uma economia de cerca de R$ 100 milhões por ano.

A transformação das unidades do Detran.SP em postos Poupatempo será gradual e já dentro do novo modelo na abertura pós-pandemia prevista para o segundo semestre de 2020. O Poupatempo deixa de ser um aglomerado de órgãos em grandes unidades para se consolidar como um atendimento unificado transversal de serviços públicos. O cidadão só precisará ir a uma unidade para fazer coletas biométricas para documentos ou provas teóricas e práticas de direção. Todo o restante será feito pela tela do celular, tablet ou computador.

O senso comum diz que a sociedade se tornou digital e que os governos continuam analógicos. Está na hora de mudar. Nos últimos quatro meses, mais de sete milhões de interações foram realizadas digitalmente, o que representa mais de 65% da média de 120 mil atendimentos presenciais diários. No início de 2019, eram sete serviços online; hoje, são mais de duas centenas.

O Governo de São Paulo troca a máquina antiga e processual por eficiência e agilidade, melhorando a experiência do cidadão ao solicitar serviços públicos. E também promovemos uma gestão mais enxuta e com menos despesas. Assim, atendemos a um dos principais anseios da população, que quer o dinheiro dos seus impostos aplicados em demandas prioritárias de saúde, educação e segurança..

 

Assinar OVALE é

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi tão lido. São mais de 23 milhões de acessos por mês apenas nas plataformas digitais, além da publicação de quatro edições impressas por dia. O importante é que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem é líder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crítico, plural, moderno e apartidário. Informação com credibilidade, imprescindível para a construção de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia é posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notícia é a verdade. E nós assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalística da região.