Economia

Após quatro meses de queda, RMVale registra alta no saldo da balança comercial

Publicado em 19/06/2021 às 00:19Atualizado há 24/07/2021 às 01:23
Rodovia Presidente Dutra, em Taubaté (Geysel Rodrigues)

Rodovia Presidente Dutra, em Taubaté (Geysel Rodrigues)

Após quatro meses de queda consecutiva nas exportações, o Vale do Paraíba registra em maio a primeira alta do ano no montante vendido ao exterior, segundo dados oficiais do Ministério da Economia.

As empresas da região exportaram US$ 1,14 bilhão em maio, o dobro do mês anterior (US$ 574 milhões) e 141,6% de aumento na comparação com maio do ano passado, quando as exportações ficaram em US$ 472,2 milhões.

Em 2020, maio foi o mês mais afetado pela crise econômica derivada da pandemia do coronavírus. O período registrou o mais baixo montante de exportações da região em 2020.

O resultado de maio deste ano pode sinalizar para uma tendência de aumento nas exportações nos próximos meses. O principal motivo é que os principais países importadores da região, como Estados Unidos, China e nações europeias, já estão em trajetória de controlar a pandemia em seus territórios.

“Para a economia retornar é preciso primeiro controlar a pandemia. A vacinação é a chave para a recuperação econômica”, salienta Edson Trajano, economista e pesquisador do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais), da Unitau (Universidade de Taubaté).

A exportação de US$ 1,14 bilhão em maio de 2021 é o maior valor para um único mês desde abril de 2019, quando a região vendeu ao exterior US$ 1,37 bilhão.

SALDO.

Com o resultado, a RMVale fechou os cinco primeiros meses do ano com saldo de US$ 3,58 bilhões nas exportações, 10% a mais do resultado do mesmo período do ano passado, de US$ 3,25 bilhões.

As empresas ainda importaram US$ 2,79 bilhões de janeiro a maio deste ano, resultando em um superávit de US$ 787 milhões no ano. O valor ainda ficou abaixo (-37,7%) do desempenho de 2020, quando a região fechou os cinco primeiros meses com superávit de US$ 1,26 bilhão.

A boa notícia é que o superávit de maio foi 193% superior ao resultado de 2020: US$ 447,5 milhões contra US$ 152,4 milhões. Foi ainda o primeiro mês do ano com superávit maior do que o mesmo mês de 2020.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALE
Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Distribuído por:
Desenvolvido por: