Economia

RMVale lidera ranking paulista de regiões que mais perderam riqueza em 2020

Altamente industrializada, região registrou 2,5% de queda no PIB geral no ano passado; riqueza da indústria caiu 10,3% na região

Xandu Alves@xandualves10
03/04/2021 às 02:00.
Atualizado em 24/07/2021 às 02:44
Embraer (Divulgação)

Embraer (Divulgação)

A pandemia do novo coronavírus derrubou a atividade industrial no Vale do Paraíba e a região teve a maior queda no PIB (Produto Interno Bruto) entre as 16 regiões do estado de São Paulo, segundo levantamento da Fundação Seade.

Acumulado ao longo do ano passado na comparação com o mesmo período do ano anterior, o PIB da região recuou 2,5% contra a média de 0,3% de crescimento no estado.

Itapeva foi a segunda região paulista com a maior queda no PIB (-2,2%), seguida de Sorocaba (-0,7%), Bauru (-0,4%) e Presidente Prudente (-0,4%).

Todas as demais 11 regiões do estado tiveram aumento no PIB em 2020 na comparação com o ano anterior, com destaque para Franca (6,4%), Araçatuba (2,8%) e Barretos (2,6%).

No geral, o PIB do Vale recuou de R$ 121,6 bilhões em 2019 para R$ 119,2 bilhões em 2020, perda de R$ 2,42 bilhões.

INDÚSTRIA

A queda do PIB do Vale no ano da pandemia deve-se, principalmente, à crise econômica que afetou o setor industrial.

De acordo com o Seade, o PIB da indústria da região registrou retração de 10,3% no ano passado na comparação com o mesmo período anterior. A riqueza da agropecuária caiu 3% e a do setor de serviços aumentou 2,4%.

O Vale também ficou em primeiro lugar no ranking de queda do PIB da indústria, bem longe do resultado da região de Araçatuba, por exemplo, na qual a riqueza industrial aumento 8,2% em 2020 ante 2019.

A boa notícia é que o PIB do Vale foi o quarto entre as 16 regiões do estado com maior aumento percentual na comparação do quarto trimestre de 2020 com o terceiro, com um crescimento de 4,1% no período. A região só perde para Itapeva (6,5%), São José do Rio Preto (5,6%) e Bauru (4,5%).

Considerando o valor absoluto da riqueza gerada pelas 16 regiões do estado, São Paulo chegou a R$ 2,32 trilhões de riqueza no final de 2020..

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por