Comit do rio Paraba lana ao de educao ambiental

Plano de Educao Ambiental e Mobilizao Social vai apontar diretrizes para futuros projetos de educao ambiental na bacia do Rio Paraba; projeto tem plataforma online

Xandu [email protected] | @xandualves10

O CBH-PS (Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul) está mobilizando agentes em todo o Vale do Paraíba para captar informações e criar o PEAMS (Plano de Educação Ambiental e Mobilização Social) da bacia.

Com encontros realizados em cidades da região, como Taubaté e São José, o comitê quer descobrir quais as expectativas dos moradores em relação à educação ambiental na bacia do Paraíba.

Para tanto, foi lançada a plataforma online "Águas do Parahyba" (rioparahyba.com.br), utilizada para captar dados e para a interação com a comunidade, que pode indicar projetos e iniciativas, opinar e definir as prioridades a serem inseridas no plano.

Iniciativa do CBH-PS, o PEAMS é financiado pelo Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), com verba de R$ 290 mil, e está sendo feito por dois institutos de Paraibuna: H&H Fauser e Chão Caipira.

"O plano está a todo vapor. Estamos realizando as atividades propostas no termo de referência. Pretendemos finalizar até o final de 2020", disse Duva Leonardo Steck Brunelli, coordenador da Câmara Técnica de Educação Ambiental do CBH-PS.

O objetivo é ser referência para articulação e construção de políticas públicas voltadas para recursos hídricos e enfrentamento dos problemas socioambientais do território, que compreende 34 municípios da porção paulista da bacia do Paraíba, sendo 32 no Vale --mais Guararema e Santa Isabel.

A produção do plano conta com três fases. A primeira de diagnóstico da educação ambiental já realizada, por meio de análise de projetos e reuniões com prefeituras e sociedade. A segunda para elaborar cenários da educação ambiental e a última etapa de formulação do PEAMS.

"A elaboração do plano é de extrema importância para o Vale do Paraíba. Pois neles apontaremos as diretrizes para futuros projetos de educação ambiental", disse Brunelli..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.