Preo da cesta bsica sobe R$ 134,79 na regio em 2019

Pesquisa do Nupes mostra que aumento da cesta o maior desde 2016 e que produtos de alimentao foram os que mais subiram no ano passado, com alta de at 58%, como feijo

Xandu [email protected] | @xandualves10

O preço da cesta básica no Vale do Paraíba subiu 8,57% em 2019, a maior alta dos últimos três anos, segundo pesquisa do Nupes (Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais), da Unitau (Universidade de Taubaté).

O preço médio da cesta na região com 44 produtos, sendo 32 de alimentação, sete de limpeza e cinco de higiene pessoal, subiu de R$ 1.573,17 em dezembro de 2018 para R$ 1.707,96, no mesmo mês do ano passado. Uma diferença de R$ 134,79.

Antes de 2019, o valor da cesta havia subido 3,66% em 2018 e -0,77%, em 2017. Em 2016, o preço aumentou 12,11%, terceiro maior crescimento da série histórica do Nupes, que começa em 1996.

Com aumento de 2,95% e 2,6%, os meses de dezembro e novembro de 2019 contribuíram para a alta no valor médio da cesta no ano, que subiu acima da inflação oficial do país e até mesmo do índice da capital.

Isso fez com que o comprometimento da renda de famílias que ganham até cinco salários mínimos fosse de 34,22% para a compra da cesta básica no ano passado. Em dezembro de 2018, era de 32,98%.

"A variação dos preços apontada pela pesquisa do Nupes indica para o Vale do Paraíba um resultado muito superior à realidade nacional, em que a inflação oficial foi de 4,31%", aponta a pesquisa.

De acordo com o Nupes, a pesquisa feita pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) mostra aumento no preço da cesta básica em 18 capitais do país, com destaque para o aumento de 7,44% em São Paulo.

De acordo com a pesquisa, os principais "vilões" da cesta básica em 2019 foram feijão carioquinha (58,49%), alho (45,70%) e os cortes de carne, como contra filé (38,87%), acém (35,55%), alcatra (32,44%) e patinho (29,42%)..

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido. So mais de 7,5 milhes de acessos por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao de quatro edies impressas por dia. O importante que tudo isso vem sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.