Adolescente invade escola e mata trs crianas e uma professora no interior de SC

Segundo informaes do Corpo de Bombeiros, o autor desferiu golpes tambm contra o prprio pescoo, alm de abdome e trax

Da Redao | @jornalovale

Tragédia na manhã desta terça-feira na pequena cidade de Saudades, de 9.800 habitantes, a 600 km de Florianópolis. Um jovem de 18 anos matou pelo menos três crianças e dois adultos (uma é professora e a outra funcionária da creche) dentro de uma escola de educação infantil, Aquarela, com uma faca. Uma outra criança estaria em estado grave.

As vítimas fatais foram Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, era professora e dava aulas na unidade havia cerca de 10 anos, Mirla Renner, de 20 anos, era agente educacional na escola, Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses.

Uma das professores mortas estava tentando defender as crianças durante o ataque. A escola atende crianças de de 6 meses a 2 anos de idade.

De acordo com a polícia, uma professora também foi ferida pelo agressor, que acabou apreendido logo em seguida pela Polícia Civil.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o autor desferiu golpes também contra o próprio pescoço, além de abdome e tórax e foi encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital em Pinhalzinho.

De acordo com informações do delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, o adolescente entrou na escola, que fica no Centro do município, e utilizou um facão contra as vítimas.

A polícia começou a receber ligações por volta das 10h35 e a Polícia Militar segue em frente à escola.

"A Cre/Copom recebeu diversas ligações informando que um masculino entrou armado de arma branca tipo (facão), na Creche Aquarela Berçário - município de Saudades/SC, diversas ligações pedindo socorro da polícia, que o indivíduo estaria golpeando alunos e professores", informou a PM.

Segundo o subcomandante do batalhão da PM em Chapecó, major Rafael Antônio da Silva, o criminoso foi contido por populares até a chegada dos primeiros policiais e bombeiros.

“Infelizmente, ao chegarem, os bombeiros se depararam com pessoas já mortas, não podendo nem mais conduzi-las ao hospital”, disse Silva à Agência Brasil. O agressor, por sua vez, cortou o próprio pescoço com o facão que usou para atacar a suas vítimas e foi socorrido em estado grave.

De acordo com o subcomandante, ainda não se sabe o motivo do crime. As primeiras informações dão conta de que o rapaz não tem nenhum vínculo com a creche, onde estudam crianças de 6 meses a 2 anos de idade.

“Ele mora na cidade e entrou no estabelecimento portando o facão que usou contra as vítimas. Uma professora e duas crianças morreram no próprio local. Outra professora, gravemente ferida, morreu no hospital e ao menos uma criança ferida está internada”, explicou Silva.

Matéria atualizada às 16h para acréscimo de informações

Assinar OVALE

construir um Vale melhor


OVALE nunca foi to lido, assistido, curtido e compartilhado. So mais de 23 milhes de visualizaes por ms apenas nas plataformas digitais, alm da publicao da edio impressa, revistas e suplementos especiais. E sempre com o DNA editorial de quem lder em todas as plataformas, praticando um jornalismo profissional, independente, crtico, plural, moderno e apartidrio. Informao com credibilidade, imprescindvel para a construo de uma sociedade mais livre e mais justa, em um tempo em que a democracia posta em risco por uma avalanche de fake news. Aqui a melhor notcia a verdade. E ns assinamos embaixo. Seja livre, seja OVALE. Viva a democracia. Assine OVALE e ajude-nos a ampliar ainda mais a melhor cobertura jornalstica da regio.