São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Outubro 18, 2018 - 22:37

Datafolha: Bolsonaro tem 59%; Haddad está com 41%

Fernando Haddad

Em segundo. Candidato do PT, Fernando Haddad

Foto: /Rovena Rosa/Agência Brasil

De acordo com a pesquisa, o candidato do PSL cresceu um ponto percentual em relação ao lentamento anterior, enquanto o candidato do PT teve queda de um ponto no período

Da redaçã[email protected]

Restando nove dias para o segundo turno das eleições, o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) tem 59% das intenções de votos, enquanto o candidato do PT, Fernando Haddad, tem 41%, considerando apenas os votos válidos (quando se excluem brancos e nulos), de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Datafolha.

Em relação à pesquisa anterior, divulgada no dia 10, Bolsonaro cresceu um ponto percentual, enquanto Haddad caiu um ponto. A margem de erros da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade.

Considerando os votos totais da pesquisa, o candidato do PSL está com 50% das intenções de votos, enquanto o representante do PT está com 35%. Brancos, nulos ou nenhum somam 10%. Os indecisos somam 5%. Em relação à pesquisa anterior, também houve variação de um ponto para cada candidato -antes, Bolsonaro tinha 49%, contra 36% de Haddad.

O Datafolha também consultou o índice de rejeição de cada um dos candidatos. Na pesquisa, 54% dos eleitores disseram que não votariam de jeito nenhum em Fernando Haddad.Já os que não votariam jamais em Jair Bolsonaro chegam a 41%.

A vantagem de Bolsonaro sobre Haddad continua maior entre os eleitores homens (58% a 32%) do que entre as mulheres (43% a 39%).

Em termos de regiões, o petista só aparece à frente de Bolsonaro no Nordeste, onde está com 53%, contra 31% do candidato do PSL.

No Sudeste, Bolsonaro tem 55% das intenções, contra 29% de Haddad. No Sul, a vantagem é ainda maior, de 61% a 27%.

NÚMEROS.

Foram entrevistados 9.137 eleitores em 341 municípios, durante os dias 17 e 18 de outubro, de acordo com os dados do Datafolha.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, sob registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de BR-07528/2018..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO