São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Setembro 28, 2018 - 23:39

Ministro defende preço barato para o combustível

Moreira Franco

Opinião. O ministro de Minas Energia, Moreira Franco, no Rio

Foto: Tânia Rego/AgenciaBrasil

Moreira Franco defendeu que é preciso haver mais concorrência no setor de petróleo, o que vai beneficiar o consumidor com melhores preços e que também sejam mais justos

Nielmar de Oliveira e Vinícius LisboaAgência Brasil

O ministro de Minas Energia, Moreira Franco, discursou na abertura da 5ª Rodada de Licitações de Partilha de Produção da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro. Ele disse ter a expectativa de que a diretoria da ANP, que tem mandato até 2020, vai continuar a política adotada nos últimos anos para o setor de petróleo. "Essa agenda é fundamental e indispensável para o fortalecimento do setor e de sua capacidade transformadora na sociedade brasileira", afirmou.

A seguir, defendeu que é preciso haver mais concorrência no setor de petróleo, o que vai beneficiar o consumidor com melhores preços.

"[O combustível] precisa ser oferecido a um preço que seja justo, razoável, barato. E a experiência nos tem mostrado que isso só ocorre quando há concorrência, e não só no fim da linha, tem que ser na cadeia inteira, para que se acumule preços justos ao longo de todo o processo produtivo", explicou.

Para o ministro, é preciso haver redução da carga tributária nos setores de energia elétrica, telecomunicações e combustíveis. "Não dá mais para se viver com impostos tão altos, sobretudo, nesses três setores tão indispensáveis na vida das pessoas", afirmou o ministro..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO