São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Agosto 29, 2018 - 23:16

FMI adiantará recursos para que a Argentina cumpra meta financeira

Mauricio Macri

Ajuda externa. O presidente da Argentina, Mauricio Macri

Foto: /Benedikt von Loebell


FINANÇAS. O presidente da Argentina, Mauricio Macri, disse nesta quarta-feira (29) que, devido à nova "falta de confiança nos mercados" em relação a seu país, chegou a um acordo com o FMI (Fundo Monetário Internacional) para antecipar os recursos necessários do crédito de US$ 50 bilhões concedido em junho para garantir o programa financeiro do país.

Em um vídeo institucional divulgado pela presidência, Macri garantiu que a decisão visa "eliminar qualquer incerteza que teria surgido em torno do agravamento do contexto internacional", pois, "ao garantir o financiamento para 2019", isto permitirá "fortalecer a confiança e retomar o caminho de crescimento o mais rápido possível".

A mensagem de Macri chega depois que, nas últimas semanas, por fatores externos, como a crise turca, e internos, como o caso de corrupção que afeta empresários e funcionários do governo anterior, o peso argentino voltou a cair com força. Neste ano, a divisa argentina perdeu mais do 68% de seu valor frente ao dólar.

"Na última semana tivemos novas expressões de falta de confiança nos mercados, especificamente sobre a nossa capacidade de conseguir financiamento para 2019", começa dizendo o presidente no vídeo.

"Por isso, quero anunciar que acordamos com o Fundo Monetário Internacional uma antecipação de todos os fundos necessários para garantir o cumprimento do programa financeiro do próximo ano", acrescenta, sem dar detalhes dos números.

Neste sentido, Macri disse que desde o Executivo este apoio será acompanhado "pelos esforços fiscais necessários"..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO