São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Abril 03, 2018 - 22:25

Governo francês promete resistir à forte greve que atinge o sistema ferroviário

Greve. Plataforma vazia em Lyon

Greve. Plataforma vazia em Lyon

Foto: /REUTERS/Emmanuel Foudrot


PARALISAÇÃO. O governo da França manifestou nesta terça-feira (3) disposição para negociar, mas garantiu que resistirá à greve que começou no sistema ferroviário do país com adesão "maciça" dos trabalhadores, segundo os sindicatos, que anunciaram um protesto "duro" contra a posição do Executivo de Emmanuel Macron. A informação é da EFE.

A ministra dos Transportes da França, Elisabeth Borne, denunciou, mas sem citar nomes, que "alguns querem politizar o debate", com afirmações falsas como a de que a reforma da SNCF (Sociedade Nacional de Caminhos de Ferro Franceses), a empresa estatal de ferrovias, levará à sua privatização.

"A SNCF é uma empresa pública e seguirá sendo uma empresa pública", ressaltou em entrevista ao canal de televisão BFMTV a ministra Elisabeth, que reconheceu que o trânsito de trens estava bastante comprometido neste primeiro dos 36 dias de greve, que serão dispostos de forma espaçada de hoje até o fim de junho.

Ela afirmou ainda que faz um mês que abriu uma negociação com os sindicatos, que deve se prolongar por mais um, e que na semana passada fez concessões ao atrasar a abertura à concorrência nas linhas regionais e locais, ao mesmo tempo em que se queixou que "os sindicatos não têm se mexido"..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO