São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Abril 03, 2018 - 22:25

Raquel Dodge diz que 4ª instância 'aniquila' Justiça

Em frente ao prédio do ex presidente Lula militantes fazem vigília nesta nesta terça feira a partir das 14h. esperando a decisão do STF amanhã que vota o Habeas Corpus

Vigília. Manifestantes favoráveis ao ex-presidente Lula em frente à casa dele, ontem, em São Bernardo

Foto: /R.Parizotti

Procuradora-geral chama de 'exagero' o entendimento segundo o qual o cumprimento da pena de um condenado criminal só possa ocorrer após esgotar todos os recursos

Felipe PontesAgência Brasil

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, chamou nesta terça-feira de "exagero", capaz de "aniquilar o sistema de Justiça", o entendimento segundo o qual o cumprimento da pena de um condenado criminal só poderia ocorrer após esgotados os recursos em tribunais superiores, como o STJ (Superior Tribunal de Justiça) e o STF (Supremo Tribunal Federal).

Durante fala na abertura da reunião do CSMP (Conselho Superior do Ministério Público), Raquel reconheceu a importância, em todo o mundo, do princípio de presunção de inocência, segundo o qual uma pessoa só é considerada culpada após o chamado trânsito em julgado, quando não cabem mais recursos em nenhuma instância.

"No entanto, apenas no Brasil, o Judiciário vinha entendendo que só pode executar uma sentença após quatro instâncias judiciais confirmarem a condenação. Este exagero aniquila o sistema de Justiça exatamente porque uma Justiça que tarda é uma Justiça que falha. Também instilava desconfiança na decisão do juiz, sobretudo o juiz de primeira instância", disse a procuradora.

Raquel Dodge fez as declarações na véspera do julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no plenário do STF. "Um dos mais notórios, expressivos e importantes julgamentos" já feitos pelo Supremo, descreveu a procuradora-geral da República..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO