Nossa Região

Presos fazem rebelião no CDP de Taubaté

Unidade possui, entre os 200 presos, o controle interno sob influência do PCC (Primeiro Comando da Capital; rebelião foi controlada por volta de 1h30

Da Redação@jornalovale
09/12/2017 às 00:35.
Atualizado em 08/07/2021 às 09:28
Unidade de Taubaté possui 200 presos (Arquivo OVALE)

Unidade de Taubaté possui 200 presos (Arquivo OVALE)

Cerca de 200 presos fizeram uma rebelião no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Taubaté durante a madrugada desta sexta-feira (8). Unidade possui, entre os presos, o controle interno sob influência do PCC (Primeiro Comando da Capital). 

De acordo com a Polícia Militar, a rebelião começou por volta das 00h10. As equipes da força tática de Taubaté e Pindamonhangaba realizaram pontos de estacionamento e patrulhamento próximo e as equipes se posicionaram pelo lado de fora do CDP. 

Por volta das 1h30 foi informado pela direção do presídio que a situação já havia sido controlada pelo GIR (Grupo de Intervenção Rápida), com os detentos já dentro das celas, dispensando o apoio da PM, voltando assim, as viaturas aos patrulhamento de rotina.

Outro lado

Em nota, a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária ) informou que não houve rebelião na unidade. "Alguns presos de uma das celas do pavilhão cinco da unidade penal, conseguiram estourar a porta da cela e saíram para o pátio interno. Imediatamente a direção acionou o Grupo de Intervenção Rápida, que conduziu esses detentos, sem resistência, para o Pavilhão Disciplinar, onde encontram-se isolados dos demais", diz a nota.

A Pasta informa ainda que a direção da unidade instaurou Procedimento Apuratório Disciplinar para apuração dos fatos, pois a cela não estava trancada com todos os mecanismos de segurança (ferrolho e cadeado) e que o CDP está funcionando normalmente dentro dos padrões de ordem e segurança.

Siga OVALE nas redes sociais
Copyright © - 2021 - OVALETodos os direitos reservados. | Política de Privacidade
Desenvolvido por
Distribuido por