São José dos Campos
14º / 24º
Sol entre poucas nuvens
Últimas
August 9, 2013 - 22:36

Evento-DF: Rede quer filiação pela internet e "curso" para interessados



Por Paulo Gama
BRASÍLIA, DF, 9 de agosto (Folhapress) - A Rede Sustentabilidade, partido que a ex-senadora Marina Silva trabalha para criar, discute amanhã em Brasília sua estratégia para o período de filiação de eleitores.
A proposta que será apresentada pelo grupo de organização do partido prevê a criação de um período de "pré-filiação" pela internet, para que eleitores manifestem interesse em participar da sigla.
Os inscritos passarão por um período de palestras de formação sobre pontos defendidos no estatuto e no manifesto, como economia sustentável.
Pela proposta, parte das "aulas" será presencial, com os organizadores locais da Rede, e parte por meio de conferências na internet, com acadêmicos e membros da direção nacional.
Os pedidos de filiação serão submetidos à análise dos diretórios locais. Depois de aprovados, serão divulgados para que qualquer membro possa fazer objeções, por um período de três dias.
Interessados em se filiar que tenham mandatos eletivos ou que sejam "pessoas públicas" terão o processo acompanhado pela direção nacional.
O cronograma prevê que os pedidos sejam analisados na segunda quinzena de setembro.
A proposta, que será discutida amanhã, prevê ainda dois tipos de alistamento: para "filiados membros" e para "filiados democráticos" --espécie de filiação formal para os interessados em se candidatar sem vínculo partidário, as chamadas candidaturas independentes previstas no estatuto da Rede.
A expectativa de Pedro Ivo, coordenador de Organização da Rede, é que as cerca de 10 mil pessoas que colaboram com a coleta de assinaturas peçam a filiação.
Para conseguir participar das eleições de 2014, o partido precisa obter seu registro definitivo no Tribunal Superior Eleitoral e ter os possíveis candidatos filiados formalmente até o início de outubro --um ano antes do pleito.
O partido diz já ter conseguido certificar cerca de 190 mil das 492 mil assinaturas de apoio necessárias para a formalização.
No encontro de amanhã, o grupo discute também estratégias para a elaboração do programa definitivo do partido e a homologação dos diretórios estaduais já formalizados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade