Logo Jornal OVALE

Simbolo de fé, crucifixo é tema de mostra de arte no Santuário

Da redação @jornalovale | @jornalovale

Símbolos da fé estão na exposição "Cristo Rei - Cristo Redentor e A Cruz", do artista plástico português José Jorge, no Memorial da Devoção de Nossa Senhora Aparecida.

São, ao todo, 12 quadros produzidos em tinta acrílica e técnica mista sobre madeira, retratando diferentes interpretações da mais importante simbologia cristã: o crucifixo.

"A figura geométrica formada por duas linhas ou barras perpendiculares sempre me fascinou e habita o meu inconsciente, que também é o inconsciente coletivo da humanidade desde os seus primórdios", declarou em nota o artista.

Exposto originalmente no Santuário Nacional de Cristo Rei em Portugal, o acervo veio para o Brasil no final de 2018, onde ficou em exibição até o início de março no Santuário Cristo Redentor, no Corcovado, no Rio de Janeiro.

"A história do Brasil está marcada desde o início pela presença da cruz. O primeiro nome do país foi Ilha de Vera Cruz e depois Terra de Santa Cruz", lembrou Carlos Boiça, responsável pela produção da exposição no Brasil.

Depois de Aparecida, a mostra segue para o Museu de Arte Sacra de São Paulo, e, no início de 2020, será levada para compor uma exposição no Vaticano.

Interatividade.

Como uma forma de incentivar as pessoas a se expressarem de forma artística, José Jorge oferece na mostra pequenas telas para que o público possa desenhar ou deixar uma mensagem. A mostra fica em cartaz até o dia 12 de abril. Ingresso para o Memorial: R$ 18..