Logo Jornal OVALE

São José perde para o Bauru dentro de casa

Marcos Eduardo [email protected] |

O São José Basket perdeu a segunda partida consecutiva no NBB 2018/2019 nesta quinta-feira, em pleno ginásio Lineu de Moura, desta vez para o Bauru, por 83 a 74, no primeiro dos quatro jogos seguidos dentro de casa nas quatro últimas rodadas da primeira fase da competição.

Na última segunda-feira, o time comandado pelo técnico Paulo Cézar Jaú já havia perdido fora de casa para o lanterna Joinville. Com o resultado desta noite, foi ultrapassado pelo próprio Bauru, que se igualou aos joseenses com 32 pontos. Mas o São José leva vantagem sobre o Bauru por conta do confronto direto, se mantendo, assim, em oitavo lugar na classificação geral. Os 12 primeiros avançam aos playoffs e a equipe já está garantida, apesar das derrotas.

O time da região volta a jogar no sábado, novamente em casa, quando recebe o Franca, a partir das 14h.

Nesta quinta, em nenhum momento o São José deu mostras de que poderia vencer, mesmo diante dos torcedores, que mais uma vez compareceram em grande número no Caldeirão.

O JOGO.

No primeiro quarto, o Bauru já mostrou força e, com um ataque cheio de erros, o São José viu o adversário abrir sete pontos de vantagem no placar: 18 a 11.

No segundo quarto, logo de cara os bauruenses abriram 7 a 0, se distanciando ainda mais. O São José tentou reagir, mas não conseguiu. O Bauru foi ampliando a vantagem, que ficou em 15 pontos no final do primeiro tempo: 40 a 25.

No terceiro quarto, o time da casa ainda esboçou novamente uma reação, chegou a reduzir a diferença no placar, empolgou a torcida, mas do outro lado, o ala Jefferson, que em outros anos foi ídolo joseense, desta vez foi carrasco. E o Bauru abriu mais um pouco de vantagem, terminando o terceiro quarto com 16 pontos de vantagem e a vitória já bem encaminhada: 60 a 44.

Nos últimos dez minutos, o São José queria tentar pelo menos diminuir a diferença no placar, que seria importante, já que no primeiro turno venceu o Bauru fora de casa por 12 pontos de diferença (75 a 63), no dia 10 de novembro, no ginásio Panela de Pressão.

Ao menos, o time joseense atingiu esse objetivo, reduziu a diferença para seis pontos em determinado momento e fez até o torcedor sonhar com uma virada. Mas, no final, o Bauru ainda