Logo Jornal OVALE

Taubaté arrecadou bem menos que o esperado no ano passado

Caixa. Nos últimos 6 anos, Taubaté arrecadou menos que esperado
Embora esperasse uma receita de R$ 1,184 bilhão, a prefeitura arrecadou R$ 996 milhões, segundo dados preliminares

Da redação @jornalovale | @jornalovale

Dados preliminares apontam que a Prefeitura de Taubaté fechou as contas de 2018 com uma arrecadação bem abaixo do esperado.

Embora esperasse uma receita de R$ 1,184 bilhão, a administração municipal arrecadou R$ 996 milhões, apenas 84% do fixado. A diferença ficou em R$ 188 milhões. Com isso, já chega a R$ 895 milhões a soma do que a prefeitura deixou de arrecadar entre 2013 e 2018, os seis anos do governo Ortiz Junior (PSDB).

Para tentar equilibrar as contas, a prefeitura promoveu uma contenção de despesas. Os gastos no ano passado somaram R$ 955 milhões, cerca de 80% do previsto.

Em agosto, Ortiz chegou a decretar um corte geral de gastos em todas as secretarias até 31 de janeiro de 2019. Entre as medidas adotadas estão suspensão de eventos, não realização de horas extras e adiamento de férias e licença-prêmio, além de redução de despesas com água, energia elétrica, telefonia, combustível, materiais de consumo, diárias e adiantamentos.

Responsabilizando a crise econômica pela "queda na arrecadação de tributos e repasses governamentais", o governo Ortiz alegou que os cortes atingiram apenas as "atividades meio", sem prejudicar serviços em áreas como Saúde, Educação, Desenvolvimento e Inclusão Social e Segurança Pública. No entanto, foram constantes os atrasos nos repasses às empresas terceirizadas, por exemplo..