São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Dezembro 05, 2018 - 23:47

Taxa de homicídios na RMVale é 119% maior do que a de São Paulo

PM

PM

Foto: /Divulgação

Vale do Paraíba é a única região paulista com o índice superior aquele considerado como 'aceitável' pelas Nações Unidas

Guilhermo [email protected]

Dados oficiais do governo do Estado apontam que a taxa de homicídios registrada na RMVale, líder absoluta no número de vítimas em São Paulo, é 72% superior à da Grande São Paulo e 119% maior do que aquela registrada na capital.

O Vale do Paraíba tem a taxa de 14,10 vítimas de homicídio a cada 100 mil habitantes -- índice contabiliza os 12 últimos meses (de novembro de 2017 até outubro de 2018, neste caso).

Em todo o estado, segundo a estatística oficial divulgada pela Secretaria de Segurança Pública, o índice é 7,27 vítimas por 100 mil habitantes.

Além do Vale, o estado possui mais 11 áreas administrativas: capital (com taxa de 6,42 homicídios por 100 mil habitantes), Grande São Paulo (8,16), Campinas (6,99), Ribeirão Preto (5,99), Bauru (5,24), São José do Rio Preto (5,87), Baixada Santista (7,95), Presidente Prudente (7,42), Araçatuba (8,02), Sorocaba (6,48) e também Piracicaba (6,47).

A taxa da RMVale é 72% maior do que a vice-líder (Grande São Paulo) e 119% superior à assinalada na capital paulista.

Segundo a estatística, o interior tem média de 7,36 homicídios por 100 mil habitantes.

A taxa de homicídios por 100 mil habitantes é utilizada para a comparação entre regiões com tamanho e populações diferentes, definindo o índice proporcional de violência.

Pela primeira vez desde 2001, quando teve início a série histórica da estatística oficial, existe uma única região com taxa superior a 10 vítimas por cada 100 mil habitantes -- índice 'tolerável', segundo a ONU (Organização das Nações Unidas).

Acima desse índice, o quadro é de 'violência endêmica'.

De janeiro a outubro, a região teve 300 assassinatos -- foram 282 homicídios e 18 latrocínios. O Vale reúne 14 dos 50 municípios com mais mortes no interior de São Paulo.

"[A RMVale] se revela como prioridade para uma possível intervenção em políticas públicas de segurança. Três dos 10 municípios onde a exposição aos crimes mais cresceu estão na região do Vale. Então, é preciso ter essa atenção", afirmou Ivan Marques, diretor executivo do Instituto Sou da Paz..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO