São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Outubro 10, 2018 - 22:05

Felicio e Ortiz declaram voto em Bolsonaro; Izaias mantém sigilo

Bolsonaro

Apoiado. Adversário do PT no segundo turno, Bolsonaro terá o voto de prefeitos tucanos da região

Foto: /Tânia Rêgo/Agência Brasil

Tucanos, prefeitos de São José e Taubaté se manifestam favoravelmente ao candidato do PSL e contra o petista Fernando Haddad; prefeitos de Jacareí e Guaratinguetá se declaram neutros no segundo turno das eleições

Caíque [email protected]

Cada vez mais cobrados, os prefeitos das principais cidades da RMVale começam a manifestar suas intenções e apoios para o segundo turno das eleições.

Além da disputa dos chefes de Executivos da região para o embate entre João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB) pelo governo do Estado, é a vez dos prefeitos começarem a se manifestar a respeito da disputa presidenciável, que coloca frente à frente Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

O primeiro a se posicionar foi o prefeito de São José dos Campos, Felicio Ramuth (PSDB). O tucano manifestou seu apoio a Bolsonaro em um vídeo nas redes sociais e explicou a OVALE os motivos de sua escolha contra o PT.

"Nesse momento, a população cada vez mais exige que os políticos se posicionem. Eu, como opção, até pelo histórico da administração petista no município e no governo federal, tive que escolher", afirmou Felicio, que no primeiro turno apoiou o correlegionário Geraldo Alckmin (PSDB).

TUCANOS.

Nacionalmente, o PSDB não apoiará nenhum dos dois candidatos, e liberou os diretórios estaduais e municipais para decidirem seus posicionamentos.

Prefeito de Jacareí, Izaias Santana (PSDB) seguirá a recomendação do partido. "Seguirei orientações. Tenho sérias restrições aos dois [candidatos] e votarei secretamente."

Já Ortiz Junior (PSDB), prefeito de Taubaté, apoiará Bolsonaro. Ele afirma que seguirá a recomendação da executiva municipal do partido, presidida por seu irmão Beto Ortiz.

Quem também não se posicionará é Marcus Soliva (PSB), prefeito de Guaratinguetá. Assim como seu partido, ele ficará isento na eleição presidencial. Todos apoiaram Alckmin no primeiro turno..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO