São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
+ Design
Setembro 29, 2018 - 00:09

projetos têm falhas na região

Obra da Arena de Esporte

Abandonada. Vista da obra da Arena de Esportes, no Jardim das Indústrias: nenhuma movimentação 

Foto: /Rogério Marques/OVALE

Projetos como um reservatório contra enchente, BRT, Laboratório de Metrologia, Caps-AD e ainda unidades básicas de saúde são algumas das obras canceladas na RMVale por falhas


O garoto brinca de bola com a mãe, em praça do Jardim das Indústrias, na zona oeste de São José dos Campos. Despreocupados, riem com a pelota rolando pelo gramado. Eles não sabem, mas ali naquele piso natural deveria ter sido construído um reservatório de detenção para evitar alagamentos.

Segundo moradores, uma valeta chegou a ser aberta, mas foi tampada. A obra morreu no berço. A previsão era de R$ 2 milhões, sendo R$ 1,48 milhão do Ministério das Cidades e o restante da prefeitura.

Prazo: final de 2011 a fevereiro de 2014. Os moradores esperam até os dias de hoje.

"Sofremos com alagamentos há 55 anos. De outubro a abril, são de 6 a 7 alagamentos. Não podemos esperar mais", diz o aposentado Ademir Ricardo Almeida, que construiu, há 30 anos, muretas ao redor da residência para segurar a água.

"Durante a gestão do prefeito Eduardo Cury, foram viabilizados os recursos para execução das obras de bacia de detenção. A obra, iniciada em janeiro de 2013, foi paralisada no mês seguinte. Não há justificativas técnicas para a paralisação das obras", diz a Prefeitura de São José, estimando em mais de R$ 12 milhões os recursos para a "concretização da obra".

No outro extremo da cidade, no Parque Tecnológico, zona leste, a construção de um Laboratório de Metrologia e Estudos Ambientais está aprovada desde novembro de 2016, pelo Ministério da Ciência. A previsão era de concluir o espaço no final deste ano, por R$ 506 mil, sendo R$ 500 mil da União. Não há nada, e agora o complexo deverá ficar mais caro.

A Prefeitura de São José disse que a construção do laboratório será feita "em breve". O Parque Tecnológico informou que o plano de trabalho foi aprovado e a prefeitura já depositou contrapartida, aguardando a liberação da primeira das duas parcelas dos recursos.

E o que dizer do BRT (Transporte Rápido de Ônibus) de São José, projeto cujo subtrecho Andrômeda, Astronautas, Centro 1 e 2, Estrada Velha, Friggi e Santana, segundo o governo federal, tem recurso aprovado de R$ 842,1 milhões. A obra tinha prazo de 2015 a 2021.

Em nota, a prefeitura disse que está "apresentando as novas propostas à Caixa". As propostas são "adequações conceituais e de projeto, tendo em vista atender as necessidades do sistema de transporte".

Em Jacareí, a população perdeu a instalação de um Caps AD (Centro de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas) com verba garantida de R$ 500 mil do Ministério da Saúde. Obra deveria ter ficado pronta em maio de 2015. "O contrato foi rescindido em junho de 2014 por não cumprimento do contrato. Por isso a obra não iniciou", informou a prefeitura..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO