São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Agosto 07, 2018 - 23:20

Almir Sater traz o som de sua viola a Jacareí e São José

Almir Sater

Legemda. legenda Leg

Foto: Divulgação

Paula Maria [email protected]

Quando o show está bom, Almir Sater não fala nada. Deixa os "causos" para lá e permite que as músicas ganhem espaço, uma atrás da outra, embalando o público. Segundo ele, toda apresentação é assim: uma construção do artista com as pessoas presentes.

E não será diferente hoje à noite, quando o cantor e compositor se apresentará a partir das 20h no EducaMais, em Jacareí.

Uma das principais vozes da Música Popular Brasileira, com quase 40 anos de carreira, e responsável pelo resgate da viola caipira no país, Sater sobe ao palco acompanhado de sua inseparável viola de dez cordas.

"A viola tem um som característico. Comprei outros instrumentos de corda, gosto de violão, mas não é a mesma coisa. Gosto da afinação da viola, do som que o instrumento produz", disse apaixonado.

Não era para menos, o músico, que se apaixonou pelo instrumento musical quando foi estudar Direito no Rio de Janeiro, teve como um de seus mestres, o violeiro José Dias Nunes, mais conhecido como Tião Carreiro (1934-1993). "A viola é muito versátil. É possível tocar vários ritmos nela".

Mix.

Sater, natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, conta que há diferenças na música caipira produzida nas diversas regiões do país.

"A moda de viola na minha terra, por exemplo, tem uma latinidade que as modas paulistas e mineiras não têm", analisou.

"Mas no final das contas a gente pegas as nossas várias referências musicais, coloca-as no liquidificador e dali sai o nosso próprio som", ri o cantor, que gosta de ouvir Bob Dylan, Eric Clapton e James Taylor e se aproxima do rock em muitas de suas canções.

No repertório do show de Jacareí, Sater apresenta os clássicos "Tocando em Frente", "Chalana" e "Trem do Pantanal", além das músicas feitas em parceria com Renato Teixeira, no projeto "AR" (vencedor do Grammy Latino 2016) e " AR", lançado em 2018: "D De Destino", "Bicho Feio", "Assim Os Dias Passarão" e "Venha Me Ver", entre outras.

"A amizade com Teixeira é de longa data. E queríamos há muito tempo gravar juntos. Agora surgiu a oportunidade. Construímos o repertório da turnê de acordo com nossas influências e preferências", contou Sater que, aliás, vem sempre à região.

"Principalmente Taubaté. Já toquei até em bar com Teixeira por lá. Gosto muito da cidade e da região do Vale do Paraíba", disse.

Serviço.

O EducaMais fica na av. eng. Davi Monteiro Lino, 3.595, Jardim Marcondes. Os ingressos custam R$ 120 (inteira). Informações: (12) 3952-4924.

Almir se apresenta na sequência em São José dos Campos, na quinta-feira (9), às 20h, no Teatro Municipal, que fica dentro do Shopping Centro, que fica na rua Rubião Júnior, 84, Centro. Informações: (12) 3942-1144. Os ingressos custam também R$ 120 (inteira)..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO