São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Agosto 04, 2018 - 00:17

Uma homenagem à carolina migoto no "Arte n'OVALE"

Carolina Migotto

Carolina Migotto

Foto: Arquivo pessoal

Artista plástica, viúva de zé demétrio, morreu na última quarta-feira (1º) vítima de um infarto

Paula Maria [email protected]

Dona de um coração imenso. Assim pode ser definida Carolina Migoto, artista plástica nascida em Tremembé, e que morreu no último dia 1º de agosto em São José.

Viúva de Zé Demétrio, grande amor de sua vida, e mãe de Cristina, Demétrio e Angélica, Carolina começou na arte inspirada pelo trabalho de seu marido, escultor. Escondida, fazia de barro uma peça aqui outra ali. Zé Demétrio descobriu: a esposa tinha talento. Incentivou.

Carolina se dedicou a arte de corpo e alma. Passou para a escultura em madeira, descobriu as cores e a liberdade da arte naif. Esculpia pela manhã e à tarde, parava para fazer o almoço e a janta da família, e passava a pintar até à 1h. Produziu muito. A família perdeu a conta de quantas obras fez.

No último domingo (23), comentou que andava com saudade de seus pais e irmãos. Era a única viva de sua geração. Acordou na segunda-feira com dores no peito. O coração que guardava tanta gente falhou. Reanimada foi levada ao hospital. Mas o órgão, de 84 anos, estava cansado e precisava do aconchego de seus antepassados. Dez dias depois, Carolina descansou..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO