São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Agosto 07, 2018 - 23:21

Região mais violenta do Estado, Vale possui déficit de 400 policiais militares

PM de SP

Efetivo. Fontes ligadas à cúpula da segurança apontaram déficit de 400 policiais militares na RMVale

Foto: /Divulgação

De acordo com fontes ligadas à cúpula da segurança na região, atual clarão de 400 policiais militares pode chegar a 700 até o final do ano, se não houver reposição de agentes; SSP contesta dados e diz que contratou para a região

Xandu [email protected]

Região mais violenta do interior de São Paulo, a RMVale tem déficit de 400 policiais militares, segundo fontes ligadas à cúpula da segurança na região. Trata-se de quase 12% do efetivo total da corporação no Vale, em torno de 3.400 policiais.

E a situação pode piorar.

Sem reposição de policiais até o final do ano, o déficit subirá para 700 homens, em razão de aposentadoria e outras baixas.

Seguindo métrica da ONU (Organização das Nações Unidas) de um policial para cada grupo de 250 habitantes, os 400 policiais que faltam ao efetivo poderiam garantir a segurança em 33 das 39 cidades do Vale.

No primeiro semestre deste ano, a região registrou 173 vítimas de homicídio doloso, superando todas as outras regiões do interior do Estado.

Mesmo assim, o Vale não é prioridade para reposição de efetivo. Entre 2011 e 2017, a região recebeu 598 de 31.957 novos policiais contratados pelo governo estadual --1,8% do reforço total.

"O Estado não consegue repor as peças perdidas", disse David Francisco da Silva, diretor em São José da Associação de Subtenente e Sargentos da Polícia Militar.

"A violência na região é grande pela falta de efetivo para atender toda a população. Se não forem contratados mais policiais a situação pode piorar", afirmou Wilson Morais, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM.

SSP nega déficit de PMs na região e afirma que já foram contratados 317 desde 2011

A SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública) contestou o déficit de policiais militares na região. Desde 2011, segundo a pasta, foram contratados 317 policiais militares, além de 595 viaturas, por R$ 28,9 milhões. "Estão em formação 2.503 policiais militares, que serão distribuídos para todo o Estado. Há concursos para contratação de 7.600 policiais militares".

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO