São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Esporte
Agosto 04, 2018 - 03:15

Taubaté pega o São Bernardo e inicia disputa na Copa Paulista

Uniforme do Taubaté na Copa Paulista

Uniforme do Taubaté na Copa Paulista

Foto: Caíque Toledo


Enfim, chegou a hora. Depois de três intensos meses de intertemporada, o Taubaté volta a entrar em campo, e, neste sábado, faz sua estreia na Copa Paulista. Diante do São Bernardo, o Burro da Central duela a partir das 15h, no estádio Distrital do Inamar, em Diadema.

Com um planejamento focado em utilizar as categorias de base e preparar a equipe tanto para a Série A2 do Campeonato Paulista quanto para a Copa São Paulo de Futebol Júnior do ano que vem, o Alviazul tem um time recheado de garotos, aliados a experientes contratações que foram feitas nos últimos meses.

Uma delas é o volante Moradei. Cria da base do Burro, o atleta rodou o Brasil ao deixar o Joaquinzão, sendo por exemplo campeão brasileiro com o Corinthians, e agora está de volta ao Taubaté para continuar sua história. "Foi uma preparação muito boa, com bastante tempo de trabalho. Temos tudo para iniciar com o pé direito, manter uma boa linha e fazer uma excelente competição", disse.

O volante é um dos atletas contratados que ajudará a passar experiência para os garotos da base. Afinal, na década passada foi ele que subiu das categorias de base do Joaquinzão para o time profissional. "É importante. Temos jogadores com boas qualidades, é bom para que eles peguem experiência, porque a Copa Paulista é um campeonato ótimo para se iniciar como profissional", disse Moradei.

Para o confronto, que marca a sequencia do técnico Marcelo Martelotte no comando do Taubaté, foram relacionados 18 jogadores. "A gente trabalhou bastante, teve um cuidado maior com a observação dos jogadores, mas definimos duas ou três maneiras de jogar. Isso é importante quando você tem um período de 90 dias de trabalho, e hoje a gente pode escolher a melhor maneira de jogar dentro do adversário e dos jogadores. Mas principalmente, dentro do primeiro objetivo, que é tirar desse grupo uma base pra uma sequencia pra 2019, acho que vai ser um aspecto importante", afirmou o comandante taubateano.

O TIME.

O único desfalque para Martelotte deve ser o centroavante Eduardo, que, até a noite desta sexta-feira, não apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) de registros da CBF. Com isso, a tendência é que a camisa 9 seja ocupada por um dos atacantes da base, Gabriel Davy ou Maikon.

Ao longo da semana, o treinador esboçou a equipe com três zagueiros ou com três atacantes. Caso opte pela primeira formação, o titular deve ser o defensor Henrique, antigo capitão da equipe Sub20 e considerado uma das joias alviazuis. Se forem três na frente, a vaga deve ser do ponta Adriano, que foi titular em vários jogos-treino na pré-temporada.

Assim, a equipe deve ser escalada com Dida (Roballo), Jean, Cesinha, Donato e Diego; Moradei, Elivelton e Guaru; Adriano (Henrique), Jeffinho e Gabriel Davy (Maikon).

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO