São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Julho 11, 2018 - 22:36

'Deep web' vira canal para troca de pornografia infantil na região

Quatro já foram presos na operação, identificada como

Polícia. Operação 'Proteção Integral' prendeu quatro por armazenamento de pornografia infantil

Foto: /Divulgação

Quatro homens foram presos no Vale do Paraíba nesta quarta-feira por armazenamento de pornografia infantil; policiais civis de Jacareí investigam se eles também compartilhavam ou produziam conteúdo sexual de crianças

Caíque [email protected]

A prisão de quatro homens por armazenamento de pornografia infantil na RMVale nesta quarta-feira foi fruto de uma intensa investigação feita pela Polícia Civil de Jacareí.

A apuração do caso dura mais de três meses, comandada por uma equipe especializada na apuração de crimes virtuais, e culminou na prisão dos homens em Jacareí, São José dos Campos, Cruzeiro e Lorena.

Segundo a Polícia Civil, eles estavam sendo investigados por baixar conteúdo sexual de crianças e adolescentes -- pena de 1 a 4 anos de prisão. Os policiais ainda investigam se, além de adquirir o material, eles também disponibilizaram ou possam até ter produzido.

Os downloads em questão foram feitos na deep web, ambiente da internet não encontrado diretamente por sites de busca e em que não há servidor, dificultando o acesso aos responsáveis por qualquer conteúdo.

INVESTIGAÇÃO.

Segundo o delegado responsável, Guilherme Caselli, a investigação não foi fruto de nenhuma denúncias. Durante a análise, os policias do caso buscaram atividades online dos homens para encontrar os endereços físicos -- todos eles com poder aquisitivo médio, meia idade e sem antecedentes criminais.

Chamada de 'Proteção Integral', a operação ainda cumpriu mandados em Campos do Jordão e Guaratinguetá.

Computadores, telefones e pen-drives com materiais são apreendidos na ação

Nas residências dos presos nesta quarta-feira foram encontrados uma série de materiais que ajudarão a polícia a seguir com as investigações.

De acordo com o delegado José Gonzaga Marques, da Delegacia Seccional de Jacareí, foram apreendidos diversos equipamentos como computadores, telefones e pen-drives com materiais que envolvem o crime de pedofilia. "Tudo isso será objeto de avaliação pericial intensa e técnica. Vamos continuar realizando esse trabalho para reprimir a pornografia infantil", afirmou.

Mais de 40 policiais participaram da operação, além do setor de crimes cibernéticos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO