São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Julho 03, 2018 - 23:01

Em carta lida por Gleisi, Lula critica o ministro do STF, Edson Fachin

Gleisi Hoffman

Manifesto. Gleisi Hoffman lê carta que foi enviada por Lula

Foto: /Lula Marques/Liderança do PT na câmara.


PROTESTO. A presidente do PT, senadora Gleisi Hofmann, leu nesta terça-feira uma carta na qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirma sua pré-candidatura à Presidência da República e acusa o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin de fazer manobras na tramitação processual dos habeas corpus protocolados por seus advogados.

Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba há mais de 80 dias em função da condenação a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex em Guarujá, um dos processos da Operação Lava Jato. Na carta lida pela senadora, durante reunião da Executiva Nacional do PT, Lula diz que foi condenado sem provas e afirma que o "comportamento público de alguns ministros da Suprema Corte é a mera reprodução do que se passou na primeira e na segunda instâncias".

"Primeiro, o ministro Fachin retirou da Segunda Turma do STF o julgamento do habeas corpus que poderia impedir minha prisão e o remeteu para o plenário. Tal manobra evitou que a Segunda Turma, cujo posicionamento majoritário contra a prisão antes do trânsito em julgado já era de todos conhecido, concedesse o habeas corpus", diz Lula na carta..

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO