São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Junho 08, 2018 - 07:54

Em 2018, Vale reduz exportação de produtos com alto valor agregado

Exportação de aviões

Exportação de aviões

Foto: Divulgação

Empresas do Vale do Paraíba aumentam exportações de matérias-primas e itens de menor valor agregado nos cinco primeiros meses do ano, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

Xandu [email protected]

Dos 10 produtos mais vendidos ao exterior pela RMVale, que representam 74% do total das exportações, matérias-primas e itens de menor valor agregado aumentaram as vendas de janeiro a maio deste ano. Já os produtos mais caro, reduziram.

Os aviões estão em trajetória de queda depois de as exportações subirem 31% em janeiro. Nos meses seguintes, o produto acumula reduções.

De janeiro a maio deste ano, a região exportou US$ 973,6 milhões em aviões, contra US$ 1,3 bilhão em igual período do ano passado, retração de 27,37%. O segmento representa 21,63% do total das exportações do Vale.

No acumulado do ano, até maio, o Vale exportou US$ 520,6 milhões em veículos, queda de 7,10% ante as vendas do mesmo período de 2017, com US$ 560,4 milhões.

Os itens de telefonia caíram 15,6%, de US$ 52,7 milhões para US$ 44,4 milhões.

Os armamentos, que foram o quarto produto mais exportado pela região em janeiro deste ano, agora acumulam queda de 19,48% nas vendas entre janeiro e maio: US$ 80,3 milhões neste ano contra US$ 99,7 milhões, no ano passado.

SUBIRAM.

Petróleo foi o produto mais vendido pela RMVale nos cinco primeiros meses do ano, com US$ 1,8 bilhão, 12,23% acima do total de vendas em igual período do ano passado: US$ 1,6 bilhão.

Entre os insumos, quem mais cresceu foi o setor de tubos, com US$ 178,5 milhões contra US$ 25,3 milhões, alta de 605%. Autopeças cresceram 91,44%, de US$ 26,7 milhões para US$ 51,2 milhões.

Motores e turbinas aumentaram as exportações em 34,78%, de US$ 44,2 milhões para US$ 59,5 milhões.

Alumínio cresceu 8,78%, com US$ 85,8 milhões contra US$ 78,9 milhões..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO