São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Maio 31, 2018 - 20:37

Felicio vai investir R$ 4 milhões em ligação entre estrada do Cajuru e Carvalho Pinto

Estrada do Cajuru

Obras. Ligação entre a Estrada do Cajuru (foto) e a rodovia Carvalho Pinto é alvo do governo tucano

Foto: /Rogério Marques/OVALE

Governo tucano vai enviar para a Artesp o projeto de obra que pretende ligar a Estrada do Cajuru, na zona leste de São José, até a rodovia Carvalho Pinto; durante campanha eleitoral, prefeito idealizou duplicação da via

Da redaçã[email protected]

A prefeitura de São José dos Campos quer entregar em breve para a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) o projeto de uma obra que pretende fazer a ligação entre a Estrada do Cajuru, na zona leste, com a rodovia Carvalho Pinto.

O governo Felicio Ramuth (PSDB) pretende investir R$ 4 milhões na obra, e garante que o principal intuito da medida é dar uma nova alternativa ao 'escoamento da produção industrial' do município.

Com a rota alternativa, a ideia é retirar o tráfego de caminhões de dentro dos bairros próximos. "Vai ajudar muito a ter uma nova opção. Vai beneficiar quem vai acessar o Cajuru na direita e quem vai pela esquerda para o Novo Horizonte", disse o prefeito Felicio Ramuth, em entrevista recente a OVALE.

A obra ainda está na fase de projeto, e vai depender da aprovação da Artesp para ser concluida em São José.

Há meses, a prefeitura planeja mudanças na Estrada do Cajuru. A intenção inicial, que inclusive chegou a ser promessa de campanha de Felicio na eleição de 2016, era duplicar a via, considerada pelo tucano como um 'importante corredor' e com 'grande demanda'. A ideia era incluir a intervenção viária no projeto do BRT.

PACOTE.

A medida faz parte de um novo pacote de obras viárias projetado pelo Poder Executivo de São José. Outra obra que pertence ao projeto é a construção de uma ponte na zona sul da cidade, que ficará entre a avenida dos Evangélicos e a avenida Salinas, e que vai custar R$ 2,3 milhões por meio de um convênio feito com a Caixa Econômica Federal.

A ponte vai permitir a conexão de ciclovias da região, e deve beneficiar moradores de bairros da região, como Campo dos Alemães, Bosque dos Eucaliptos, Parque dos Ipês, Jardim Del Rey, entre outros. A previsão é que o processo licitatório para esta obra aconteça já no mês que vem, em julho..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO