São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Maio 15, 2018 - 23:40

Relatório final de CPI da Pró-Lar é apresentado em Jacareí

Comissão. O relatório final da CPI será encaminhado à Promotoria

Comissão. O relatório final da CPI será encaminhado à Promotoria

Foto: /Divulgação/CMJ

CPI foi aberta pela Câmara para apurar possíveis desvios na fundação, que chegariam ao montante de R$ 1,2 milhão

Thaís [email protected]_thaisleite

Após um ano de investigação, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) aberta pela Câmara de Jacareí para apurar denúncias de supostas irregularidades em contratos da Fundação Pró-Lar irá apresentar seu relatório final nessa quarta-feira.

Questionado pela reportagem, o presidente da CPI, Rodrigo Salomon (PSDB), adiantou nessa terça-feira que o relatório da comissão corrobora as hipóteses de irregularidades.

"Comprovação de desvio é papel da polícia e Ministério Público, mas encontramos fortes indícios que serão apontados no relatório final", afirmou Salomon.

O relatório final será encaminhado ao Ministério Público, que poderá analisar se ajuíza ou não ações contra os eventuais responsáveis.

"O Ministério Público recebeu as provas que colhemos durante a investigação, uma vez que fizemos essa parceria inédita para agilizar os trabalhos. O relatório final será lido amanhã [hoje] e posteriormente encaminhado às autoridades competentes", disse o presidente da CPI.

ENTENDA O CASO.

As investigações começaram após a Diretoria de Governança e Transparência da Prefeitura de Jacareí apontar indícios de irregularidades que ultrapassam R$ 1,2 milhão em contratos firmados entre a fundação, que é voltada às políticas habitacionais, e empresas prestadoras de serviços de capina e limpeza de terrenos.

Entre os indícios apresentados estão o pagamento por serviços não realizados, sobrepreço de mais de 50% em alguns pagamentos, contratações de serviços que já eram realizados pela prefeitura e dispensa de licitação.

Das 70 empresas analisadas, que mantiveram contrato com a Pró-Lar, muitas já foram fechadas e têm como proprietários pessoas que seriam do mesmo círculo familiar..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO