São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Maio 06, 2018 - 10:30

Romaria do movimento Lula Livre é advertida pelo Santuário Nacional

Palco. O Santuário de Aparecida se colocou contra a caravanas partidárias.

Palco. O Santuário de Aparecida se colocou contra a caravanas partidárias.

Foto: Divulgação

Após o PT convocar caravanas com destino à Basílica, o templo católico informou que não é ambiente para fins políticos ou ideológicos


Após a senadora Gleisi Roffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), convocar uma romaria a favor de Lula com destino à Basílica de Nossa Senhora Aparecida, na última quarta-feira (2), o Santuário Nacional se manifestou diretamente sobre o assunto. O recado teve como objetivo advertir que o templo católico não é ambiente para fins ideológicos.

“O Santuário Nacional de Aparecida é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção. Da mesma forma, também é uma Casa que se coloca contra toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”, comunica um trecho do posicionamento.

A romaria, que integra ações do movimento ‘Lula Livre’, foi anunciada por uma rede social da senadora e convocou pessoas favoráveis à liberdade do ex-presidente para que organizem caravanas datadas para o dia 20 de maio, quando planejam participar de uma missa às 14h. De acordo com a publicação, a ida ao Santuário é um ato pela paz democrática no Brasil.

No posicionamento oficial, o Santuário Nacional esclareceu que o planejamento petista não conta com qualquer forma de convite realizado pela gerência do espaço religioso. “O Santuário não está organizando ou convidando pessoas para se mobilizarem em favor deste ou daquele político”, advertiu o templo cristão, que ainda declarou a ausência de posicionamentos que visem a ascensão de qualquer personagem político.

“O Santuário Nacional entende que o momento atual é propício de reflexão e protagonismo do cidadão ao que tange às escolhas eleitorais, por isso, sob qualquer hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos, refutando toda e qualquer iniciativa que queira utilizar-se do Altar da Eucaristia para fins de promoção individual ou partidária”, defendeu o texto.

Nas redes sociais, pessoas de diferentes opiniões se manifestaram em relação à publicação de Roffmann. “Estamos juntos, senadora Gleisi. Temos causas justas e lutamos com honradez”, defendeu um dos internautas. “Sou católico e sempre votei no Lula, mas Aparecida não é lugar para fazer política. Respeitem a casa da mãe”, contrapôs outro usuário da rede.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO