São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Maio 17, 2018 - 11:27

Taubaté confirma primeiro caso de febre amarela contraída na cidade

febre amarela

febre amarela

Foto: Divulgação

Vigilância Epidemiológica de Taubaté confirma o primeiro caso de febre amarela silvestre autóctone do município; paciente é um jovem de 14 anos, morador do bairro Chácara Silvestre


A Vigilância Epidemiológica de Taubaté confirmou o primeiro caso de febre amarela silvestre autóctone do município.

O paciente é um jovem de 14 anos, morador do bairro Chácara Silvestre. Ele já recebeu alta e passa bem. Não houve histórico de deslocamento do rapaz para outros municípios. A suspeita de febre amarela foi notificada no dia 16 de abril. Em 18 de abril foram realizadas ações de bloqueio e nebulização por parte da equipe do CAS (Controle de Animais Sinantrópicos).

O resultado do exame foi encaminhado pelo Instituto Adolfo Lutz na semana passada. A família recebeu a visita de representantes da Vigilância Epidemiológica na última segunda-feira e também foi realizado um reforço vacinal em um raio de 300 metros da residência pela equipe de ESF (Estratégia de Saúde da Família).

A Vigilância Epidemiológica alerta que a família do paciente se recusou a receber as doses da vacina durante a campanha casa a casa realizada em Taubaté. A vacina é a melhor forma de se prevenir a doença. Todas as 35 unidades de saúde de Taubaté que dispõem de salas de vacinação devem aplicar as doses da vacina no período compreendido entre 9h e 14h30, dentro do horário de funcionamento de cada local. A padronização do horário ocorre para evitar o desperdício de doses da vacina. Após a abertura do frasco com as doses, o prazo para a aplicação da vacina é de até seis horas.

A campanha no município conta com mais de 256 mil pessoas vacinadas. Foram notificados até o momento 20 casos suspeitos de febre amarela, com um caso positivo importado, um caso positivo autóctone e 18 descartados.

Em caso de dúvidas ou mais informações, a população pode entrar em contato com a Vigilância Epidemiológica de Taubaté pelo telefone 3629-6232.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO