São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Maio 15, 2018 - 01:10

Qualidade do ar registra melhora nas principais cidades da RMVale

Foto aérea de São José dos Campos

Foto aérea de São José dos Campos

Foto: Adenir Britto

Novo relatório divulgado pela Cetesb apresenta queda na poluição em São José, Jacareí e Taubaté em 2017, na comparação com o ano anterior. Porém, a poluição industrial teve aumento no Vale do Paraíba, diz estudo

Xandu [email protected]

A qualidade do ar melhorou nas três maiores cidades do Vale do Paraíba no último ano na comparação com 2016, de acordo com o relatório divulgado nesta segunda-feira pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo).

Os dados dão conta de cinco tipos de poluentes: Monóxido de Carbono (CO), Hidrocarbonetos não queimados (HC), Óxido de Nitrogênio (NOx), Partículas Inaláveis (MP) e Dióxido de Enxofre (SOx).

Todos esses poluentes fazem mal à saúde e também prejudicam o meio ambiente.

VEÍCULOS.

Considerando a poluição veicular, ou seja, oriunda de fontes móveis, a quantidade desses cinco poluentes caiu nos três municípios do Vale.

Em São José, a poluição veicular alcançou 9,6 mil toneladas no ano passado contra 10,6 mil, em 2016, queda de 9,64%.

Maior vilão da poluição, o monóxido de carbono caiu 7,84% na cidade, com 5,88 mil toneladas contra 6,38 mil.

Já o dióxido de enxofre teve a queda mais expressiva: -40%, de 100 para 60 toneladas.

Taubaté registrou uma redução de 8,66% no total dos cinco poluentes, com 4,6 mil toneladas por ano em 2017 ante 5 mil, no ano anterior.

O nível de CO caiu 9,44% no município, passando de 3,6 mil para 3,2 mil toneladas.

Jacareí conseguiu reduzir os poluentes em 8,05%.

No município, eles caíram de 3,4 mil toneladas ao ano para 3,2 mil, entre 2017 e 2016. O monóxido de carbono retraiu 6,11% na cidade, com 1,6 mil contra 1,8 mil tonelada por ano.

INDÚSTRIA.

Quanto à análise da poluição em fontes fixas, nas indústrias, o nível de poluentes aumentou nas três cidades da RMVale.

Para a elaboração do relatório de 2017, a Cetesb analisou a qualidade do ar em 16 indústrias nos três municípios, sendo 10 em Jacareí, quatro em São José e mais duas em Taubaté.

Em 2016, foram 17 indústrias --uma a mais em São José.

O nível de poluição industrial aumentou 27,6% em Jacareí, passando de 6,1 mil toneladas para 7,8 mil toneladas entre 2016 e 2017.

O volume de CO na indústria foi o que mais subiu: 176,6%, de 940 toneladas para 2,6 mil toneladas por ano.

Em São José, a poluição nas indústrias ficou em 14,7 mil toneladas em 2017, o que representa alta de 1,1% ante 2016, com 14,5 mil toneladas. Também aconteceu um aumento do nível de CO na cidade: 41,94% a mais, de 1,55 mil para 2,2 mil toneladas.

Taubaté permaneceu com o mesmo nível de poluição industrial nos dois anos: cerca de 150 toneladas..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO