São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Maio 17, 2018 - 07:44

Indústria do Vale abre 350 vagas em abril; contratação desacelera

Indústria

Indústria. Geração de empregos no setor teve alta na regional de Taubaté e queda em S. José e Jacareí

Foto: /Divulgação

É o terceiro mês deste ano com saldo positivo no emprego industrial, acumulando 1.550 vagas em 2018, melhor resultado para o quadrimestre dos últimos quatro anos; porém é menor do que março, com 600 vagas abertas

Xandu [email protected]

O emprego industrial no Vale do Paraíba manteve saldo positivo com a abertura de 350 postos de trabalho em abril, mas desacelerou comparado ao mês anterior, quando havia gerado 600 vagas.

Este foi o terceiro mês do ano com saldo positivo no emprego industrial, que acumula 1.550 postos de trabalho abertos em 2018, melhor resultado para o quadrimestre nos últimos quatro anos.

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).

No Estado, a indústria gerou 9,5 mil novos postos de trabalho em abril, alta moderada de 0,44% em relação a março. No acumulado do ano, o resultado foi de 32 mil novas vagas.

"Apesar de este ser o segundo ano consecutivo em que o emprego em abril apresenta um resultado positivo, os dados estão aquém do esperado, com o nível de emprego industrial exibindo uma recuperação bastante lenta", disse José Ricardo Roriz Coelho, segundo vice-presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Para ele, dois fatores travam o crescimento do emprego industrial: ambiente de incertezas no cenário político nacional e os elevados níveis dos spreads bancários.

"Percebemos que há uma perda de fôlego no processo de retomada da atividade econômica", completou.

Nos últimos 12 meses, as indústrias do Vale somam 600 vagas perdidas que, mesmo assim, ainda é o menor resultado negativo para o período nos últimos quatro anos.

SETORES.

No primeiro quadrimestre, dos 22 setores industriais do Vale do Paraíba acompanhados pela pesquisa do Ciesp, 8 geraram postos de trabalho, 9 permaneceram estáveis e 5, perderam vagas.

Regional de Taubaté gera mais empregos no Vale; São José e Jacareí perdem vagas

Formada por 28 municípios, a regional de Taubaté do Ciesp foi, pelo quarto mês seguido, a maior responsável pelos empregos gerados no Vale do Paraíba em 2018. As indústrias da regional abriram 550 empregos em abril e 1.800, no ano. Nos últimos 12 meses, o saldo é positivo em 550 postos de trabalho, o melhor da RMVale.

Na contramão, a diretoria de São José (oito cidades) perdeu 100 empregos em abril e cortou 150 vagas no ano. No acumulado dos últimos 12 meses, São José perdeu 100 postos de trabalho. A regional acumula saldo negativo no período de 12 meses desde janeiro de 2014.

Com três cidades, a regional de Jacareí do Ciesp fechou 100 vagas na indústria em abril, com o mesmo saldo negativo no quadrimestre. Nos últimos 12 meses, foram perdidos 1.050 postos de trabalho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO