São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Maio 17, 2018 - 07:52

São José e Taubaté no 'Top 20' dos maiores mercados consumidores

Calçadão de São José dos Campos

Calçadão de São José dos Campos

Foto: Rogério Marques/OVALE

No interior do estado de São Paulo, o maior mercado consumidor do Brasil, as duas maiores cidades do Vale do Paraíba têm posição de destaque entre aquelas com maior potencial de consumo para 2018, segundo IPC Maps

Xandu [email protected]

No maior mercado consumidor do país -- o interior do estado de São Paulo--, o Vale do Paraíba se destaca com duas cidades entre as 20 com maior potencial de consumo dos 606 municípios do interior paulista.

São José dos Campos é a quarta cidade do ranking estadual, com potencial de consumo de R$ 17,6 bilhões para 2018, o que representa 2,68% do total do interior paulista, de R$ 654,4 bilhões.

O montante coloca o município na 28ª posição da lista nacional das 50 maiores cidades brasileiras com maior previsão de gastos para este ano.

São Paulo lidera o ranking nacional e estadual, com potencial de consumo de R$ 348,7 bilhões até o final do ano. Campinas vem em segundo na listagem paulista e na 10ª posição nacional, com gastos de R$ 37,6 bilhões.

Taubaté é a 12ª cidade na lista estadual, com potencial de consumo superior a R$ 8 bilhões para 2018.

PESQUISA.

Os dados são da pesquisa IPC Marketing 2018, produzida pela consultoria especializada IPC Marketing Editora.

O novo estudo foi divulgado nesta quarta-feira.

De acordo com a pesquisa, o interior paulista representa 53,4% do total em dinheiro a ser gasto com alimentação, habitação, transporte, saúde, vestuário e educação, entre outros itens, em todo o Estado de São Paulo, que terá gastos de R$ 1,22 trilhão.

A capital paulista e os demais 38 municípios da Região Metropolitana de São Paulo alcançam R$ 571,9 bilhões, equivalente a 46,6% do estado.

No país todo, o IPC Marketing 2018 prevê potencial de consumo de R$ 4,45 trilhões em 2018, o que significas aumento real de 3% (variação de R$ 240,7 milhões) em relação ao ano passado.

PER CAPITA.

O consumo per capita urbano é outro dado da pesquisa que mostra a força do interior paulista, com R$ 27.886 contra R$ 26.658 na RM São Paulo.

Foi em 2012 que as cidades do interior ultrapassaram pela primeira vez a Grande São Paulo em potencial de consumo, com 50,2% contra 49,8%. No ano passado, a diferença se acentuou: 52,8% ante 47,2%.

INTERIOR.

Os números mostram que as cidades do interior começam a ter mais força de consumo do que as capitais. Para Marcos Pazzini, responsável pela pesquisa, esse novo cenário "deve-se às cidades próximas das capitais". Os gastos nas capitais caiu de 29,8% para 29,6% e cresceu de 45% para 45,8% nas regiões metropolitanas..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO