São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Abril 27, 2018 - 17:26

Puro êxtase: Frejat traz seu show para São José

Frejat

Frejat

Foto: /Divulgação

Paula Maria [email protected]

"Meu partido, é um coração partido. E as ilusões estão todas perdidas, e os meus sonhos foram todos vendidos... Tão barato que eu nem acredito! Ah, eu nem acredito".

"Ideologia", canção de Cazuza (1958-1990) e Frejat, conhecida na voz do primeiro, foi eleita pelos críticos, em 1988, a melhor música do ano. O que pouca gente sabe é que só no ano passado, a canção passou a figurar no repertório dos shows de Frejat.

"É verdade, essa é a primeira vez que a incluo no meu show", confirmou o músico. "Faz muito sentido cantá-la agora porque nunca foi tão verdadeiro dizer seus versos", explicou ele, que mantém a veia rock'n roll, até quando soa romântico.

"Eu tenho várias sugestões de discurso no meu repertório, umas mais doces, outras mais ásperas, mas não fujo da briga não!", ri.

"Mesmo 'Tudo ainda' - música melódica e romântica recém-lançada por ele - tem uma letra bastante densa e áspera. A sonoridade do arranjo com cordas talvez a faça soar menos agressiva para alguns, mas está tudo ali, é só prestar atenção", continuou.

E, para quem quiser se unir ao grito rock do músico, a oportunidade será nesse sábado, no show "Tudo se Transforma", que ele trará a São José, às 20h, na unidade do Sesi.

Além de "Ideologia", o público poderá cantar com o ex-Barão Vermelho "Malandragem", "Bete Balanço" e "Pro Dia Nascer Feliz". "É um show para cima, com muita energia, que traz repertório de sucessos, clássicos e algumas novidades", disse Frejat.

novidades.

O músico apresentará também a canção que dá nome a turnê, "Tudo se Transforma", parceria do artista com Maurício Barros e Sérgio Serra.

Trata-se do primeiro single lançado pelo artista carioca após ele deixar o posto de vocalista e guitarrista do Barão, e marca a nova etapa de sua carreira, que já acumula 36 anos de estrada.

Aos críticos, suas novas canções têm soado como uma nova etapa de sua carreira, com nova sonoridade. Mas o músico nega: "não é um desejo de mudança e, sim, de buscar qual a melhor forma de apresentar cada canção", disse.

"Reconheço que é diferente das coisas que já fiz. Não é um novo caminho que pretendo trilhar, mas certamente abre portas para outras coisas diferentes que pretendo fazer no futuro", explicou. "É importante que o público saiba que eu posso estar em situações diferentes e, mesmo assim, ser extremamente pessoal e reconhecível pela minhas canções em ambos os formatos".

Som.

Crítico em relação a produção fonográfica atual, Frejat crê que os veículos de comunicação de massa têm sido pautados diretamente pelo público. "Eles trabalham com uma visão globalizada de que o maior mercado de consumidores é o seu alvo. Quem faz pop-rock e MPB contemporânea no país e está começando agora vai ter de construir uma nova cena de casas de shows, festivais , enfim, eventos que levem o seu público a assisti-los", opinou.

"É duro dizer isso, mas depois de tudo que construímos nos anos 1980 e 1990 , a garotada vai ter de nadar contra a corrente e mostrar o seu valor", cravou.

Serviço.

O Sesi São José fica na av. Cidade Jardim, 4.389, no Bosque dos Eucaliptos.

A entrada é gratuita e as reservas devem ser feitas de forma antecipada pelo portal Meu Sesi (www.sesisp.org.br/meu-sesi).

Os ingressos remanescentes serão distribuídos duas horas antes do início do espetáculo..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO