São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Abril 02, 2018 - 23:29

Base aliada quer votar Via Jaguari nesta terça em São José

Governador do Estado assinou a intenção de cumprir o projeto, que aguarda aval da Câmara.

Metade. Sem aval da Câmara, Alckmin assinou nessa terça apenas o protocolo de intenção do convênio

Foto: /Rogério Marques/OVALE

Intenção dos governistas é que projeto que autoriza convênio entre prefeitura e DER seja aprovado nessa terça-feira em sessão extraordinária, que seria realizada às 19h30

Julia [email protected]

Com o fim do prazo de emendas solicitado pelo PT, a base governista quer votar já nessa terça-feira na Câmara o projeto que autoriza a Prefeitura de São José dos Campos a assinar convênio com o Estado para a construção da Via Jaguari. O pedido de antecipação teria partido do prefeito Felicio Ramuth (PSDB). Sem ele, a votação ficaria para quinta-feira.

"Acredito que a oposição não acreditou que o governador [Geraldo Alckmin, do PSDB] fosse apoiar o projeto", afirmou o presidente da Câmara, Juvenil Silvério (PSDB). "Espero que os vereadores tenham bom senso e deixem de lado as posições politicas, já que o projeto está pronto e em condições de ser levado ao plenário", completou o tucano.

A expectativa dos governistas é que o projeto seja votado nessa terça-feira, em sessão extraordinária que seria realizada às 19h30, após a sessão ordinária destinada ao expediente (votação de requerimentos e fala dos vereadores).

Até o início da noite dessa segunda-feira, no entanto, a oposição afirmou que ainda não havia sido notificada da sessão extraordinária, que precisa ser informada com pelo menos 24 horas de antecedência. "O projeto será aprovado no tempo necessário", disse o vereador Wagner Balieiro (PT). "Eu particularmente participei da elaboração desse projeto [da Via Jaguari]. A diferença é que agora o Estado está querendo passar uma conta de R$ 10 milhões para a prefeitura. No convênio anterior [elaborado na gestão do ex-prefeito Carlinhos Almeida, do PT], a prefeitura não tinha esse custo", concluiu o petista.

AGENDA ESVAZIADA.

Protocolado na semana passada por Felicio, o projeto autoriza a prefeitura a celebrar o convênio com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem). A intenção dos tucanos era de que o texto tivesse sido aprovado já na semana passada, o que possibilitaria que o convênio fosse firmado nessa segunda-feira, durante 'maratona eleitoral' de Geraldo Alckmin em São José dos Campos.

Sem a aprovação do projeto em tempo hábil, Alckmin assinou nessa segunda-feira apenas o protocolo de intenção do convênio.

Como o governador deixará o cargo no sábado, para disputar a presidência da República, a votação do projeto nessa terça poderá permitir que o tucano assine o convênio até o dia 7.

Acompanhando a visita de Alckmin nessa segunda, Felicio criticou a oposição por não ter aberto mão do prazo de emendas, o que impediu a votação do texto na semana passada. "Os partidos da oposição querem marcar uma posição", disse. "Talvez durante a obra eles façam isso em outros momentos"..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO