São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Abril 03, 2018 - 00:40

Vale vira palanque de Alckmin em maratona final de olho no Planalto

Alckmin

Política. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) ontem durante a visita às dependências do HR de S. José

Foto: /Fotos: Rogério Marques/OVALE

Região foi escolhida para iniciar o 'sprint' final do governador de São Paulo na maratona de entrega de obras até o dia 7 (sábado), quando deixará o Palácio dos Bandeirantes para lançar-se na corrida pela Presidência da República

Lucas [email protected]

Em ritmo de campanha, apenas cinco dias antes de deixar o Palácio dos Bandeirantes e lançar-se na corrida eleitoral pelo Palácio do Planalto, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), escolheu o Vale do Paraíba, seu 'berço' político, para iniciar o 'sprint' final da maratona de entregas de obras no estado.

O tucano, que precisa se descompatibilizar do cargo até 7 de abril para poder concorrer à Presidência da República, participou da entrega do Hospital Regional de São José dos Campos nesta segunda-feira e ainda anunciou outros investimentos na habitação, mobilidade e educação.

Desde o início do ano, quando intensificou ações de olho na disputa eleitoral, o governador tem realizado uma maratona de eventos na RMVale, destacando algumas de suas 'vitrines', como, por exemplo, as obras na Tamoios e Carvalho Pinto, a interligação do rio Paraíba com o sistema Cantareira, e o combate à violência (policiamento foi reforçado após o início da intervenção federal no Rio de Janeiro).

RELÓGIO.

A 'corrida contra o tempo' do tucano, contudo, tem levado à entrega de obras ainda não concluídas. Segundo o cronograma do HR de São José, as cirurgias de alta e média complexidade só começarão no mês de junho, mês em que contarão com 10 leitos de UTI adulta e 5 pediátrica. O pleno funcionamento do HR será em agosto, quando o local contará com 40 leitos de UTI, sendo 10 pediátricas e 30 adultas.

Além da entrega do HR, Alckmin anunciou a entrega de quadras poliesportivas, assinou um convênio para 200 moradias em São José, além de convênio para criação de duas creches-escola. Com a saída de Alckmin, o vice-governador Márcio França (PSB) assumirá.

Interligação do Jaguari-Atibainha é considerada uma 'vitrine' tucana

Outro assunto importante destacado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) durante o evento de inauguração foi o andamento das obras de interligação das represas do Atibainha-Jaguari.

A primeira fase das obras foi entregue no último mês, em março. "Tudo já está em operação: bombeamento, canais, túneis. São 14km de obra, toda ela concluída. Com as mudanças climáticas, quando chove, chove demais, então a gente tem que guardar água. Quando faz seca, faz seca demais, falta água. Só tem um caminho: aumentar a reserva", disse Alckmin..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO