São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Abril 13, 2018 - 22:11

Gestão Felicio defende andamento 'ágil' para Vias Jaguari e Cambuí

Felicio Ramuth

OVALE Entrevista. Felicio Ramuth durante entrevista à reportagem

Foto: Rogério Marques/OVALE

No programa 'OVALE Entrevista', prefeito de São José dos Campos declara que a Via Jaguari deve ter edital do projeto viário publicado até a metade do ano; obras da Cambuí, que ligará zonas leste e sudeste, estão no prazo

Thaís [email protected]_thaisleite

Após a Câmara ter aprovado por unanimidade o convênio entre a Prefeitura de São José dos Campos e o Estado de São Paulo, a construção da Via Jaguari, que ligará a zona norte à região central da cidade, aguarda novos capítulos. O cenário da Via Cambuí, já em andamento, deve seguir passos rápidos. Foi o que afirmou o prefeito Felicio Ramuth, no programa de estreia de 'OVALE Entrevista'.

A entrevista poderá ser conferida no flip digital e nas plataformas digitais de OVALE. Serão seis blocos, de domingo até a próxima sexta-feira.

MOBILIDIDADE.

A obra da Via Jaguari, que terá o custo total de R$ 25 milhões, sendo R$ 15 milhões pagos pelo governo estadual e o restante pela prefeitura, aguarda a abertura efetiva da licitação, o que prosseguirá o início do projeto viário. De acordo com o prefeito, o processo deve ser ágil.

"Os recursos estão garantidos e isso vai permitir que a gente possa, de forma relativamente rápida, abrir a licitação", disse Felicio. A previsão é a de que a publicação do edital ocorra até o meio do ano e que a licitação dure 45 dias.

Para o desenvolvimento da Via Cambuí, que já está em andamento desde fevereiro, o governo se vê otimista em relação ao cumprimento de prazos.

"É um prazo de 20 meses, provavelmente até janeiro de 2020 ela deve estar entregue ou um pouquinho antes", explicou Felicio, que justifica a agilidade de tempo na baixa interferência no local.

"A obra está passando em uma região pouco habitada, de desenvolvimento urbano, e, com isso as interferências são menores, o que garante uma assertividade de prazos", explicou o prefeito.

A Via Cambuí, que é apontada pelo governo como a maior obra viária da história de São José, será um eixo de ligação entre as zonas leste e sudeste do município..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO