São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Nossa Região
Fevereiro 09, 2018 - 22:35

Roubo de carga sobe mais de 80% no Vale em quatro anos

Rodovia

Corredor. Via Dutra corta o Vale e por ela é escoada metade do PIB

Foto: Rogério Marques/ OVALE

Número de ocorrências nas rodovias que cortam a RMVale vem crescendo ao longo dos últimos anos, de acordo com dados do Estado. Reuniões debatem reforço contra o crime

Danilo [email protected]_

Os roubos de carga registraram alta de 84,5% no Vale do Paraíba nos últimos quatro anos. A região teve 227 ocorrências em 2017, contra 123 em 2014. O aumento do delito em 2017 foi de 15% no Vale em relação a 2016, período com 196 ocorrências e 73% na comparação com 2015, que teve 130 casos.

Os números disponibilizados pela Secretária de Segurança Pública de São Paulo põem a RMVale como a quinta com mais casos da modalidade criminal no interior do estado, atrás somente das regiões de Campinas (601), Santos (532) Piracicaba (326) e Ribeirão Preto (256).

A SSP informou, em nota, que a apuração desse tipo de crime é feita a partir de informações das vítimas e análise das imagens de câmeras de segurança.

De acordo com a pasta, reuniões periódicas são realizadas com as transportadoras e com associações de motoristas que atuam no Vale, para a coleta de informações que contribuam com as investigações em andamento.

"A instituição intensifica as ações em locais críticos, conforme levantamentos dos índices criminais, preparando roteiros e horários de patrulhamento", diz em nota.

Operações periódicas são realizadas pela polícia nas rodovias que cruzam a região do Vale com pontos de bloqueio. Cidades da região às margens da Via Dutra, principal corredor viário do país, concentram a maioria dos crimes no Vale.

O trecho entre os municípios de Jacareí e Lorena, por exemplo, foi responsável por 91,5% dos roubos na região no primeiro semestre do ano passado, com 119 casos.

Jacareí, com 91 ocorrências em 2017, foi a recordista no número de casos no Vale.

DUTRA.

A Dutra, rodovia que corta o Vale e é responsável pelo escoamento de metade da riqueza brasileira, registrou volume médio de 57 mil veículos diários em 2017. O número é 0,3% maior do que o registrado no ano de 2016, quando uma média de 56.897 veículos diários trafegaram nos 402 quilômetros da Via.

Do total de veículos diários, em 2017, 73% foram de passeio e 27% de veículos comerciais (caminhões e ônibus). Em relação a 2016, houve uma redução de 3% de veículos de passeio e um aumento de 10% nos veículos comerciais.

O corredor entre São Paulo e Rio de Janeiro registrou 9.028 acidentes em 2017 -- redução de 1,5% em comparação ao número de acidentes um ano antes, com total de 9.168 acidentes. Dos 9.028 acidentes registrados em 2017, 5.928 deles foram sem registro de vítimas, queda de 3,9% em relação ao mesmo período de 2016..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO