São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Viver
Janeiro 19, 2018 - 23:38

Região vira cenário de 'Cine Holliúdy', nova série da Globo

Cine Holliúdy: Francisgleydisson encara novos desafios em série na Globo

Bastidores. Depois de Areias, a equipe segue para Quixadá, no Ceará, para gravar mais cenas da obra

Foto: Globo/Marcos Rosa

Da Redaçã[email protected]

Pense num cabra que não desiste fácil do que quer, que pode se estropiar todo e ainda se levantar com um sorriso no rosto e um bocado de ideia mirabolante. Ele existe e chama Francisgleydisson e seu sobrenome é Cine Holliúdy... Ou quase isso!

Desde novembro de 2017, Francis e o mundo fantástico de seu cinema estão em Pitombas, ou melhor, em Areias, cidade do Vale do Paraíba, que tornou-se cenário e ganhou ares de uma Ceará da década de 1970.

A cidade foi a escolhida para ambientar a série "Cine Holliúdy", uma coprodução da Globo com a produtora Glaz.Na trama, a história de um rapaz que mantém seu cinema, única atração cultural de Pitombas, com orgulho e dedicação. O que Francis não contava é com a chegada de um adversário para o seu negócio: o prefeito Olegário, se rendendo aos desejos da mulher, Socorro, leva um aparelho de TV para a cidade.

Pronto! Enquanto o povo se espreme na praça para assistir à novela, Francis vê seu faturamento na bilheteria cair. O cinemista então passa a se desdobrar para tornar seu cinema mais atrativo, nem que tenha ele mesmo tenha de criar suas obras.

Em meio a essa encrenca, Marylin, moça de São Paulo que chegou a cidade a contragosto, mas logo encontra razão para ficar naquele "fim de mundo". Ao lado de Francis, ela vai viver dias de aventuras.

Areias.

As gravações do seriado, aliás, tem movimentado o município de 3.700 habitantes. Pitombas foi construída ao redor da praça principal, ganhando cores, formas e texturas que fazem jus ao interior cearense de 50 anos atrás.

Já foram realizados 48 dias de gravação no local - cerca de 20, entre internas e externas, foram feitas em Areias - e 100% dos cenários internos foram cenografados para ajustar tanto os layouts quanto a época de cada ambiente. Para isso, foram utilizados mais de 500 litros de tinta, 50 litros de cola e quase duas toneladas de madeira.

A série é inspirada na obra homônima e conta com direção geral de Patrícia Pedrosa e direção de Halder Gomes. Ainda sem data de estreia..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO