São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Ideias
Janeiro 31, 2018 - 22:14

PORTA DA DESESPERANÇA

Após ida a programas populares, Temer avalia que está crescendo apoio dos brasileiros à aprovação da reforma


Diante da porta da esperança de ter uma aposentadoria digna, o brasileiro assiste à ofensiva do governo do presidente Michel Temer (MDB) pela aprovação da reforma previdenciária, que deve ser votada no plenário da Câmara dos Deputados até o mês de março. Para angariar apoio popular, o presidente -- que aposentou-se aos 55 anos ganhando mais de R$ 30 mil e quer instituir idade mínima de 65 anos concessão do benefício -- tem participado de programas de televisão populares, como as atrações apresentadas por Silvio Santos e Ratinho Massa, ambas do SBT. O impopular Temer, que é dono de um recorde histórico de rejeição, tenta obter o que, nem mesmo com a ajuda da sua versão fisiológica de 'revólver da fortuna', conseguiu ainda entre os parlamentares: apoio.

O presidente, primeiro denunciado no exercício do cargo na história brasileira por suspeita de envolvimento com crimes, crê que está melhorando a percepção popular sobre a reforma, e isso pode levar os parlamentares a aprovar a proposta que tramita na Câmara.

Para tentar convencer as colegas de trabalho, a dupla Temer e Silvio apresentou ao público, acredite, a teoria conspiratória mirabolante em que deputados federais estão contra a aprovação da reforma da Previdência para evitar a reeleição do emedebista (?!). O presidente disse que a proposta tem conseguido o apoio dos brasileiros.

Neste revolto tsunami de delírios e fantasias, Temer acredita que a reforma da Previdência estará 'liquidada' até o mês de março. A declaração foi dada em entrevista concedida pelo presidente nesta quarta-feira.

"Se o povo estiver convencido de que a reforma é importante, isso vai influenciar os nossos colegas parlamentares, que poderão votar a Previdência. Então, eu acho que vamos conseguir votar em fevereiro, e, portanto, até o mês de março teremos, penso eu, liquidado a questão da [reforma da] Previdência", disse o presidente.

É fato que o sistema previdenciário brasileiro, como também o sistema penal e tantos outros, precisa e deve ser revisto, mas não da forma como está sendo realizada por Temer. É preciso haver um amplo debate, a medida impacta a vida de milhões de brasileiros. Salutar seria que esse rombo na Previdência estivesse na pauta eleitoral, com os eleitores votando no projeto que considerar melhor.

Ao dizer que tem conquistado o apoio popular, Temer precisa mesmo do apoio de Silvio Santos. Com tanta cara de pau, ele vai precisar urgentemente passar produtos Jequiti..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO