São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Janeiro 09, 2018 - 03:09

Importação de matéria-prima no Vale tem queda de 32,5% em 2017

Embraer

Indústria. Houve redução na compra de matéria-prima para aviões

Foto: /Divulgação

De acordo com o Ministério do Comércio Exterior, região comprou US$ 3,083 bilhões nos 10 principais produtos de importação em 2017 contra US$ 4,5 bilhões em 2016; já peças para aviões, motores, petróleo e química caíram

Xandu [email protected]

A importação das principais matérias-primas para as indústrias da RMVale caiu 32,50% em 2017, sinal de desaceleração na produção industrial regional.

A somatória dos 10 produtos mais importados pela região --56,35% do total de importações-- chegou a US$ 3,083 bilhões em 2017 contra US$ 4,567 bilhões no ano anterior.

No 'Top 10', quatro produtos tiveram queda na importação e seis subiram. Peças para aviões foi quem mais caiu, comprando US$ 202,4 milhões em 2017 contra US$ 1,041 bilhão em 2016, retração de 80,56%.

Depois dos aviões, a importação de motores e máquinas motrizes caiu 70,98%, com US$ 197,7 milhões contra US$ 681,2 milhões.

Petróleo e derivados aparece em terceiro lugar, com retração de 23,49%: de US$ 1,067 bilhão para US$ 816,4 milhões.

Produtos químicos vêm em seguida, com US$ 357,9 milhões ante US$ 412,4 milhões, queda de 13,21%.

Ou outros seis produtos mais importados pela região, que registraram alta em 2017, foram: sangue humano e derivados (33,59%), circuitos integrados (11,65%), medicamentos (11,03%), telefonia (8,51%), veículos e peças (8,30%) e alumínio (5,93%)..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO