São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Economia
Janeiro 05, 2018 - 01:18

Vale fecha 2017 com superávit de US$ 5,3 bilhões e tem recorde histórico

Estados Unidos

Recorde histórico. Vale do Paraíba registrou no último ano seu maior superávit na balança comercial

Foto: /Divulgação

Valor da balança comercial representa 313,85% de aumento na comparação com o superávit de 2016, de US$ 1,294 bilhão, também recorde histórico; em 21 anos, região teve 15 com déficit na balança comercial e seis com superávit

Xandu [email protected]

A RMVale atingiu superávit de US$ 5,359 bilhões em 2017, na balança comercial, e marcou o maior valor desde 1997, de acordo com série histórica do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira. O valor representa 313,85% de aumento frente ao superávit do ano anterior, de US$ 1,294 bilhão, também recorde histórico.

Antes dos dois últimos anos, a região havia tido superávit recorde em 2002 (US$ 1,122 bilhão), 2003 (US$ 735,9 milhões) e 2005 (US$ 659,5 milhões).

Nos 21 anos contabilizados pelo Ministério, o Vale do Paraíba registrou 15 anos com déficit na balança comercial e seis com superávit.

O pior ano foi 2013, antes da crise econômica, com US$ 14,324 bilhões de déficit na balança comercial. Em 2014, o saldo foi negativo em US$ 11,744 bilhões.

As empresas de 31 cidades da região venderam US$ 10,8 bilhões ao exterior no ano passado contra US$ 9,111 bilhões no mesmo período de 2016, aumento de 18,87%.

As importações em 2017 ficaram em US$ 5,4 bilhões contra US$ 7,8 bilhões no ano anterior, queda de 29,99%.

No ano, a cidade de Taubaté foi deficitária em US$ 232,9 milhões, com US$ 1,1 bilhão exportados e US$ 1,3 bilhão importados. Jacareí teve superávit de US$ 425,1 milhões --US$ 1,008 bilhão contra US$ 583,5 milhões.

São José dos Campos e Ilhabela puxam o aumento na balança comercial da região

Entre os municípios, São José teve o melhor superávit da região em 2017, com US$ 2,9 bilhões, exportando US$ 4,3 bilhões e importando US$ 1,4 bilhão no ano.

Ilhabela foi a segunda melhor ranqueada no Vale, com superávit de US$ 2,042 bilhões, fruto de US$ 2,042 bilhões exportados e apenas US$ 267 mil importados..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO