São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Brasil
Janeiro 05, 2018 - 23:49

Detentos controlam a prisão em Goiás, dizem presos em relatório

Prisão em Goiás

Tensão. Autoridades observam interior de cela no presídio em Aparecida de Goiás, onde teve rebelião

Foto: Aline Caetano/TJ-GO

Segundo o documento, três dos seis detentos ouvidos confirmaram a tensão por problemas como a superpopulação

Felipe Pontes Agência Brasil

Detentos do regime semiaberto da Colônia Agroindustrial do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO) relataram que a unidade não é controlada por agentes penitenciários, mas por presos das alas B e C, que impõem o medo aos demais internos.

Os depoimentos constam do relatório produzido esta semana pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) por ordem da presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, após duas rebeliões ocorridas nos primeiros dias do ano deixarem ao menos nove mortos, dois dos quais decapitados.

Segundo o documento, três dos seis detentos ouvidos no dia 3 de janeiro "confirmaram a tensão por causa da superpopulação, do problema de falta de água constante e da falta de energia. Reclamaram da demora na análise de processos e realização de audiência".

De acordo com os presos, "os agentes não conseguem dominar a cadeia, que é dominada por presos das alas B e C". Os detentos confirmaram disputas entre facções que dominam tais alas, mas não as nominaram. Eles foram ouvidos pelo presidente do TJ-GO, desembargador Gilberto Marques Filho.

Um outro relatório informou que, no último dia 1º de janeiro, "presos que estavam na alas A e B, invadiram a ala D, enfermaria B"..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO