São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Política
Dezembro 06, 2017 - 23:12

Câmara de Taubaté aprova projeto do Orçamento de 2018

Prefeitura de Taubaté

Finanças. Prefeitura de Taubaté prevê uma alta de 11,5% na receita

Foto: /Rogério Marques/OVALE

No ano que vem, Ortiz poderá alterar 10% das dotações orçamentárias por decreto, sem necessidade de autorização da Câmara; a receita da prefeitura deverá aumentar 11,5%

Da redaçã[email protected]

A Câmara aprovou nessa quarta-feira, em votação unânime, o projeto da LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2018. O texto, de autoria do prefeito Ortiz Junior (PSDB), fixou em 10% a margem de remanejamento - percentual das dotações que poderão ser alteradas pelo tucano por decreto, sem necessidade de autorização do Legislativo.

O projeto recebeu ao menos 244 emendas impositivas. Elas são resultado de uma cota de R$ 649,2 mil para cada um dos 19 vereadores apresentarem sugestões.

O montante destinado às emendas impositivas representa um total de R$ 12,3 milhões em despesas no ano que vem.

A prática é adotada desde 2013. Em duas ocasiões, Ortiz chegou a ingressar com ações na Justiça para tentar barrar as emendas.

ORÇAMENTO.

A prefeitura estima receita de R$ 1,18 bilhão no próximo ano, ante R$ 1,06 bilhão fixado para 2017. O aumento de 11,5% é decorrente do empréstimo de US$ 60 milhões (pela cotação atual, R$ 194 milhões) do CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina).

A Câmara prevê queda de 11,45% no orçamento: de R$ 33,47 milhões em 2017 para R$ 29,63 milhões em 2018.

Haverá redução também no orçamento da administração indireta, de 7,69%: de R$ 456,9 milhões para R$ 421,7 milhões.

A Unitau (Universidade de Taubaté) previu uma das maiores quedas, de 6%: de R$ 219,47 milhões para R$ 206,23 milhões. Entre as fundações universitárias, três previram redução nos gastos: Funac (-18,27%), Fapeti (-6,78%) e Fust (-1,06%). Apenas a Funcabes estima crescimento ( 19,93%).

O IPMT (Instituto de Previdência do Município de Taubaté) prevê alta de 4,78% no orçamento de 2018..

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

BRASIL

MUNDO